Anúncios

Fabricante das urnas admite equívocos, mas garante lisura nas eleições do Corinthians

Resultado de imagem para telemeeting brasil

Na última semana, o empresário Paulo Garcia, após desacordo com o presidente do Corinthians, Andres Sanches, a quem, em manobra, ajudou a eleger, ingressou com ação judicial contra a empresa “Telemeeting”, responsável pelas urnas do pleito, acusando-a de fraude.

O JECRIM decretou busca e apreensão do material, que está sendo analisado por peritos oficiais.

Paralelamente, fiscais da campanha de Roque Citadini fizeram uma série de perguntas à empresa – que tem conversado, também, com o grupo de Garcia, com objetivo de esclarecer a questão.

A Telemeeting admitiu equívocos em alguns procedimentos, mas garantiu que nenhum deles afetou a lisura do resultado das eleições.

Para entender melhor detalhes destes erros e submetê-los ao crivo de especialistas, o grupo de Citadini decidiu, ainda esta semana, enviar notificação extra-judicial à empresa, para que responda, por escrito, as perguntas anteriores e algumas outras oriundas das respostas já fornecidas.

Todo o material colhido será fornecido à Justiça para que esta consiga avaliar, com exatidão, a gravidade dos equívocos, e se estes são suficientes para anulação das eleições do Corinthians.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: