Sistema de aquecimento em prisão americana quebra e Marin passa reveillon sofrendo a 12 graus negativos

Presos no Centro de Detenção do Brooklyn, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, os corruptos José Maria Maria Marin e Juan Angel Napout comeram o pão que o Diabo amassou na virada do ano.

O sistema de aquecimento do presídio quebrou e a dupla teve que se virar diante de 12 graus negativos de temperatura.

Cela fria, comida ruim e o arrependimento de não ter, em tempo hábil, delatado.

Enquanto isso, no Brasil, Del Nero, em temperatura agradável, mesmo impedido pela FIFA, seguiu tocando a CBF de um flat, no Rio de Janeiro, enviando suas decisões para o Coronel Nunes assinar.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.