Mulheres lutam por espaço no Corinthians

Ontem pela manhã, aproximadamente 140 mulheres reuniram-se no Parque São Jorge com objetivo mudar as coisas no Corinthians.

Ficou claro, nas conversas, que as alvinegras não aceitarão mais ficar de fora das questões importantes do clube.

Durante o café, um dos candidatos à presidência prometeu acolhe-las, dizendo ainda que batalhará para que esposas de sócios patrimoniais, inseridas nestes títulos, também tenham direito a voto, diferentemente do que ocorre atualmente.

De tradição administrativa machista, tirante o período em que Marlene Matheus, ex-presidente e precursora do departamento feminino, esteve na linha de frente do Timão, pouco se avançou neste assunto.

Tudo indica, pela mobilização iniciada há algum tempo, boa parte dela capitaneada pelas associadas Mirian Athiê e Suzy Miranda, a luta das guerreiras alvinegras tomará corpo no Corinthians, que só tem a evoluir ao aceitar novos pensamentos e procedimentos de grupos que, de fato, tem muito a contribuir no Parque São Jorge.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.