Advertisements

Ricardo Teixeira denuncia Romário no Conselho de Ética do Senado

Acusado dos mais variados crimes, o ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, denunciou o senador Romário por “quebra de decoro”, pelo fato deste ter divulgado os dados bancários do dirigente em Relatório Paralelo da CPI do Futebol.

Contas nada inocentes, acusadas de receber propinas das mais variadas fontes.

Tirante a cara de pau, algum advogado deve estar querendo tomar dinheiro de Teixeira.

O Relatório é um documento oficial de investigação e, como tal, faz-se necessário exibir a integra de todas as documentações e fatos apurados.

Processar o senador por cumprir seu trabalho, neste contexto, seria o mesmo que acionar um delegado de policia por colocar, num Boletim de Ocorrência, os dados das partes da reclamação.

O Relatório é fruto de trabalho público e foi divulgado, não por Romário, mas pela imprensa, que apenas cumpriu a missão de informar a população dos malfeitos da cartolagem nacional.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: