Anúncios

Agressão covarde a Clayson: Felipe Melo segue envergonhando o Palmeiras

Ontem, no intervalo da partida entre Corinthians e Palmeiras, decisiva para as pretensões de ambos no Brasileirão, o jogador Felipe Melo encontrou, diante do ostracismo midiático dos últimos dias, proveniente de seu péssimo futebol, uma maneira de aparecer: bateu-boca com jogadores adversários, agrediu o atacante Clayson, covardemente, ao jogar-lhe material esportivo pelas costas, sendo depois salvo pelos seguranças do Timão.

Ao final, deixou o estádio sem dar entrevistas.

Poderia ter prejudicado o Palmeiras, ainda mais, durante o jogo (certamente o fez psicologicamente ao ser advertido no vestiário), com a possibilidade de expulsão, mas certamente o fará durante a semana, em que as imagens, amplamente divulgadas, deverão limá-lo, por suspensão, do restante do campeonato.

O Palmeiras, enorme, não pode se tornar refém das cretinices de sujeito tão deplorável.

Anúncios

9 Respostas to “Agressão covarde a Clayson: Felipe Melo segue envergonhando o Palmeiras”

  1. sandroso2015 Says:

    Calma Paulinho, ele não jogou uma faca no Clayson não….se vc não entende ele fez isso para desestabilizar o Clayson,,,,,,nem partiu para a briga nem nada….”agrediu covardemente” foi demais.

    Paulinho: jogar objeto em alguém no intuíto de machucar (agressão), pelas costas (covardia)… na lei agressão não se mede pela intensidade, mas pelo ato em si

  2. Leonardo Goffi (@leogoffi) Says:

    Uns agridem no vestiário, outros em campo.. STJD prefere punir aqueles que agridem no vestiário. Dudu tomou uma entrada pelas costas (covardia), no intuito de machucar (agressão). Fagner levou um cartão amarelo. Jadson deixou a sola da chuteira pro Maike chutar (agressão), também só levou amarelo. Aliás, só teve um expulso o jogo.. Deyverson, do PALMEIRAS..

  3. Alan Cézar (@EUABSOLUTIS) Says:

    Paulinho, vivemos em um país subdesenvolvido, onde a falta de educação é tão grande que, na visão dos mal educados subdesenvolvidos, para que seja configurada uma agressão, tem que existir “sangue”.

    A ação do tal Felipe foi apenas algo “natural” pelo comportamento dele.

    Só rindo dos subdesenvolvidos!!!!

  4. marcospaulo2015 Says:

    Porcada sumiu da internet. Pq será? Estavam tão eufóricos com o bi campeonato. Se esqueceram de combinar com o Corinrhians. Agora, só resta a choradeira pra tia da crefisa.

  5. Alan Cézar (@EUABSOLUTIS) Says:

    Leonardo Goffi (@leogoffi) Says:
    novembro 6, 2017 às 9:55 am

    Deve ser muito triste ver o algo e não enxergar:

    O Jadson foi tocado na coxa por trás e nada foi marcado, na sequência irritado por ter levado pancada, fez falta e tomou amarelo, não era jogada para vermelho.

    O Dudu deixou o cotovelo e o Fagner foi por baixo e levou amarelo, mas o Dudu não levou nada pela cotovelada. O árbitro só viu a falta do Fagner, se tivesse visto a cotovelada, o que v~e, mas não enxerga estaria desesperado com a realidade.

    outra agressão do Dudu, jogando a bola contra o rosto do Fagner e só levou amarelo,

    Teve também a cotovelada do Deyverson merecidamente expulso.

    Mas, como você vê e não enxerga, eu entendo sua situação!!!

    Agora vou rir da sua curta visão das jogadas.

  6. Sandra Queiroz Says:

    Fagner tem licença para bater. É o jogador mais desleal das equipes da série A.
    Ederson , do Flamengo que o diga. jogo aliás apitado pelo árbitro corintiano, Heber Roberto Lopes. Sim ele é corintiano, pergunte a qualquer londrinense.Um juiz fraco daria amarelo. Um árbitro razoável expulsaria o alvinegro. Héber apontou apenas a infração. Não por acaso, Heber apitou o jogo anterior do Palmeiras. Mas errar é humano. Afinal até os juizes do STF erram

  7. blogscoppia1914 Says:

    E ai Paulinho… vai continuar com sua posição de agressão covarde?

    Quem cospe em outra pessoa… merece o que?

  8. Alan Cézar (@EUABSOLUTIS) Says:

    Que o Ederson recupere-se bem da retirada do tumor e que volte a jogar e viver bem por muitos anos.

    Com relação aos problemas com contusão do Ederson:

    http://espn.uol.com.br/noticia/529279_em-cinco-anos-76-jogos-nove-gols-e-luta-contra-lesoes-ederson-o-novo-10-do-fla

    Trecho do link acima:
    ….Em amistoso com o Genk, da Bélgica, em julho, ele se chocou com um adversário e sofreu RUPTURA DO LIGAMENTO cruzado posterior do JOELHO ESQUERDO. Prazo de três meses de recuperação…..

    Se a entrada forte do Fagner fosse a causadora do problema dele, além de não ter continuado no jogo, não teria voltado para o segundo tempo e jogado até ser substituído.

    O Fagner em muitos lances é violento, assim vejo e enxergo, mas no lance do Ederson, quem fala que o cidadão teve problemas por causa do Fagner é um bom comediante.

    Com relação a árbitros,não comento que, mesmo sendo torcedor de algum time ele vá favorecê-lo, pois não tenho com provar e, não tendo como provar e sendo realista, no máximo posso criticá-lo pela atuação e só!!! Será que o árbitro que expulsou o Gabriel no paulista/17 e, mesmo sendo ALERTADO, manteve a expulsão, torce para algum time específico? Eu poderia pensar nisso, mas como não posso provar, apenas o critico pela atitude lamentável do mesmo.

    Agora vou rir daqueles que, milagrosamente conseguem ver, mas não enxergam, são divertidinhos e, só enxergam os erros quando lhes convém!!!

  9. Alan Cézar (@EUABSOLUTIS) Says:

    As palavras em caixa alta, são apenas para chamar atenção, para o lado NÃO atingido pelo Fagner.

    Foi uma entrada forte, mas não para ficar tanto tempo parado já que, com o problema no joelho esquerdo que foi sério demais, ele recuperou-se em 3 meses.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: