Rodriguinho e a dançarina do Faustão

Há pouco, ainda no primeiro turno do Brasileirão, o jogador Rodriguinho, do Corinthians, viveu o auge de sua limitada carreira.

Até então vivia o ostracismo de um banco de reservas cativo e a fama de ter sido contratado (como foi) para beneficiar os bolsos de Andres Sanches, um dos intermediários que recebeu dinheiro da negociação.

Rodriguinho virou titular, se adequou ao esquema de Carille, era tratado como melhor jogador do campeonato, foi convocado à Seleção Brasileira, quase às vésperas de uma então impensável possibilidade de Copa do Mundo em sua vida.

Com a fama, porém, vieram também as tentações.

A maior delas teria fisgado-lhe o coração.

Conhecida dançarina do Faustão, dizem, retirou-lhe as noites de sono, à custa de intensa, mas prazerosa atividade física, regada, segundo testemunhas, a consumo excessivo de álcool.

Coincidentemente, o desempenho de Rodriguinho no gramado, disperso e com ar de cansado, regrediu.

Se a Copa do Mundo, palpável, ficou distante, o título brasileiro, quase certo, ofuscará as consequências que poderiam prejudicar, em curto prazo, a permanência no Corinthians, resta saber se a suposta paixão, geradora aparente de toda esta revolução, será motivo maior de alegrias do que arrependimento – tomara seja, até o início do Mundial, que o ídolo alvinegro, assim como boa parte do torcedores brasileiros, assistirá pela televisão.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

5 respostas para Rodriguinho e a dançarina do Faustão

  1. Parabens…

    Texto relevante!

  2. Sonia Abrão do futebol

  3. Ídolo alvinegro? Quem? Rodriguinho??? Você só pode estar de brincadeira…

  4. ao menos trata se de uma bela mulher?

  5. Pingback: Torcedor flagra Rodriguinho com dançarina do Faustão e reclama à diretoria do Corinthians | Blog do Paulinho

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.