Anúncios

Lula, o Maluf da esquerda

Da FOLHA

Por HÉLIO SCHWARTSMAN

confissão de Antonio Palocci acaba com Lula? Bem, acho que dá para dizer que ela não ajuda o ex-presidente, mas me parece precipitado afirmar que encerre a carreira política do líder petista, que já conseguiu livrar-se de situações que pareciam impossíveis.

O primeiro ponto a considerar é que a bomba lançada por Palocci ainda está no terreno das declarações. O que ele diz tem peso por vir de quem vem, mas não chega a ser um “batom na cueca” como o vídeo de Rocha Loures com a mala de dinheiro.

Mais importante, a narrativa que Lula vinha usando para explicar seu envolvimento na Lava Jato —”tudo não passa de perseguição política promovida pelas elites que não querem ver a vida dos pobres melhorar”— pode, sem grandes malabarismos, acomodar a transformação de Palocci: depois de sofrer meses de “tortura psicológica” ao ser mantido injustamente na cadeia, ele desabou e agora acusa o ex-presidente apenas para deixar o cárcere.

Isso basta para que os petistas convictos, determinados a absolver o ex-presidente de qualquer pecado, continuem a crer na inocência de seu líder. A ideologia não precisa de mais do que um fiapinho de verossimilhança para nele agarrar-se até o fim.

A questão é que nem todo o mundo é igualmente ideológico. O grau com que as pessoas se prendem ao discurso de partidos (e religiões) segue uma distribuição normal, sendo que só uma minoria se mostra invulnerável a evidências empíricas contrárias a suas inclinações.

A multiplicação dos delatores que entregam o ex-presidente e das situações que ele próprio não consegue explicar a contento, um processo que teve início em 2005, tende a tornar Lula cada vez mais dependente de uma militância ideológica —exatamente o contrário da guinada para o centro que o elegeu em 2003. Minha impressão é que ele vai se transformando numa espécie de Maluf da esquerda.

Anúncios

4 Respostas to “Lula, o Maluf da esquerda”

  1. Rafael Porcari Says:

    Kkk, lemos o mesmo jornal e pensamos a mesma coisa, também publiquei esse ótimo comparativo. Já imaginaram se esses gênios do crime (Lula e Maluf) usassem a inteligência deles para o bem?

    Abração!

    https://professorrafaelporcari.com/2017/09/12/o-maluf-de-esquerda/

  2. Alessandro H.R. Says:

    a política acabou para o Lula, Temer, Dilma e o Aécio

    a diferença do lula para os demais, é que ele é o único populista, e fica inflamando os meia dúzia de gato pingado que seguem ele, pra depredar o patrimônio público por uma luta ideológica que não deu certo em lugar algum.

    o lula vai virar uma espécie de FHC da vida, vai ficar solto e curtir os milhões que roubou, mas pra não cair no ostracismo, de vez em quando vai aparecer na mídia pra falar alguma asneira sobre política.

  3. Nelson Coutinho Says:

    Palocci ,estranho, só falou do Lula.E sem provas, para variar.Por que não falou de mercado, mídia……..

  4. Nelson Coutinho Says:

    E não venham me dizer que não eram assuntos a serem tratados ali no momento.O Moro nunca ligou para isso , a não ser para outros partidos fora o PT.Aí “não vem ao caso”.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: