Advertisements

Flamengo fatura o triplo do Corinthians, com menos torcedores, em programa de fidelidade

Recentemente, gerou controvérsia, no Corinthians, a tentativa da diretoria de inserir no contrato da CAIXA, para pagamento de empréstimo do BNDES referente à obra do estádio de Itaquera, os recebíveis do plano “Fiel Torcedor”.

Estima-se, em números presumidos, que o clube arrecade algo em torno de R$ 15 milhões até o final do ano (até agosto o cálculo exato era de R$ 9 milhões).

Comparados os cálculo com os do Flamengo, observa que algo precisa ser alterado na gestão deste negócio, no Parque São Jorge.

O rubronegro, com 14 mil sócios torcedores a menos do que o Timão (estimativa recente dava conta de 124 mil a 110 mil), conquistou R$ 40 milhões no mesmo período, quase três vezes mais do que o co-irmão de São Paulo.

É bem provável que a diferença, enorme, se dê por conta da ingerência da empresa OMNI, ligada a Andres Sanches, responsável única pela comercialização do “Fiel Torcedor”, e também doutros produtos atrelados à marca alvinegra.

Levando-se em consideração que, por contrato, a referida empresa, somente em ingressos vendidos no estádio de Itaquera tem direito a embolsar 50% do lucro, observa-se que com o plano de afinidade entre o Corinthians e seus torcedores o percentual, talvez, seja inda maior.

Vale lembrar que a empresária Carla Dualib, neta do ex-presidente que antecedeu aos dirigentes da dinastia “Renovação e Transparência”, foi por estes achincalhada ao cobrar 30% de comissão nos negócios realizados pelo clube.

Valores, de fato, muito altos, mas se comparados com os atuais, equivalentes a verdadeira pechincha.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: