12 toneladas de alimentos – iniciativa do São Paulo precisa ser copiada

No último treinamento do São Paulo, cerca de 18 mil torcedores compareceram e proporcionaram arrecadação de 12 toneladas de alimentos não perecíveis.

A Cruz Vermelha foi a beneficiária do total.

A iniciativa de abrir o último trabalho dos jogadores durante a semana para visitação da torcida era prática recorrente no passado, abandonada, nos últimos anos, por limites impostos pelo excesso de “profissionalismo”.

Fosse retomada, por todos os clubes, sempre com cobrança de ingressos, viria cercada de diversas vantagens.

  • estreitamento sentimental entre atletas e seus fãs;
  • possibilidade de outra fonte de renda ao clube, que poderia doar, como fez o São Paulo, os ingressos para a caridade, num final de semana durante o mês, e embolsar, para si, outros valores cobrados no período;
  • movimentar a venda de produtos oficiais e criar alternativas de passeios aos torcedores, como restaurantes, shows, etc.
  • Comercialização de títulos sociais;

Se o São Paulo, na zona de rebaixamento, colocou 18 mil torcedores no Morumbi para assistir um recreativo, quanto não conseguiriam mobilizar, em boa fase, outros clubes, principalmente os que possuem estádios mais bem localizados ?

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.