Futebol da Lusa é jogado nas mãos de treinador/empresário

Na terceira colocação do grupo 3, num campeonato, a “Copa Paulista”, disputado pelas equipes “z” do futebol paulistano, que precisa vencer para obter vaga na fraquíssima Série D (4ª divisão) do brasileiro, a Portuguesa, em desespero, contratou um empresário de jogadores para, tudo indica, afundar de vez a nau lusitana.

Trata-se de PC Gusmão, com hábitos de V(W)anderlei(y) Luxemburgo (de quem foi aluno e auxiliar), sem, porém, trabalhos realizados com a mesma relevância.

Alexandre Barros, o presidente, mais do que imitar os gestores a quem, por anos, criticou como radialista, esforça-se, com êxito, para superá-los.

Se PC não der certo como treinador garantirá, a pequeno grupo de pessoas próximas, alguns trocados.

O fundo do poço já não é mais o limite, mas referência de quem tem se mostrado competente na demolição da própria história.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.