Anúncios

ACEESP é criticada novamente

Nos últimos dias, o Blog do Paulinho vem sendo procurado por profissionais da imprensa esportiva que, sob condição de anonimato, encontrara, neste espaço maneira segura de protestar contra equívocos administrativos da ACEESP (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Ontem publicamos um destes desabafos:

https://blogdopaulinho.com.br/2017/07/10/aceesp-nao-manda-mais-nada-nos-estadios-diz-jornalista/

Por conta dele, recebemos nova manifestação, da qual destacamos os principais trechos:

“Ana Marina Maioli é uma profissional que está parada no tempo. Nunca ajudou, nem mesmo na época em que a ACEESP detinha um certo poder nos estádios.”

“Em muitos casos, ela é mal-educada no trato com as pessoas. Talvez seja por isso que a CBF cortou as asas dela.”

“Tem um caso curioso: durante a Copa ACEESP do no ano passado, uma emissora que estava na disputa fez uma live no Facebook, com celular, apenas para informar seus seguidores do jogo. Ela foi até quem estava com o aparelho e de forma bem brusca solicitou que a transmissão fosse interrompida. A alegação era a de que a entidade tinha contratado uma produtora para filmar os jogos para fazer apenas um vídeo de pouco mais de três minutos para colocar no YouTube bem depois dos jogos. Ou seja, até na copa da imprensa tem essa questão dos direitos de transmissão. Um absurdo.”

“A Aceesp infelizmente tem feito muito pouco nos últimos tempos. A entidade até hoje não tomou qualquer tipo de posicionamento em relação ao caso da Ana Thaís Mattos, repórter da Rádio Globo, que teve suas mensagens antigas expostas por outro associado, causando irritação e hostilidade por parte da torcida do Palmeiras” (http://portalimprensa.com.br/noticias/brasil/76270/reporter+vira+alvo+de+ataques+da+torcida+palmeirense+apos+divulgacao+de+tuites+antigos)”

“Agora, quando houve o entrevero entre o Fabian Nogueira e o jornalista Lucas Musetti, do GloboEsporte, publicaram nota de repúdio (http://www.aceesp.org.br/site/?p=4395). Fizeram a mesma coisa quando o Carlos Batista, da Rádio Bandeirantes, de Campinas, quase foi agredido em Sorocaba (http://www.aceesp.org.br/site/?p=4589), mas aí nem tinha como varrer o tema para debaixo do tapete. Tem ainda o caso do Thiago Maranhão, do Sportv, que também foi hostilizado e ganhou nota de solidariedade (https://www.facebook.com/aceesp/posts/1054260767978810)” 

“A gestão do Erick Castelheiro é pífia. Ele raramente aparece nos estádios representando a ACEESP.”

“Na inauguração da nova tribuna de imprensa do Allianz, ele aparentemente não apareceu. Se apareceu, nem se dignou a procurar seus associados e conversar com eles para tomar impressões sobre o novo espaço de trabalho. O Luiz Ademar pelo menos se manifestava em redes sociais, mas seu mandato foi pra lá de questionável.”

“O Maurício Noriega como vice é um vice decorativo. Ele só vive reclamando dos jornalistas sem diploma no seu Facebook, como se isso prejudicasse a ele profissionalmente. Seu emprego no Sportv nunca foi ameaçado, até onde se sabe. E tem mais: acho que ele ainda não se deu conta que a Associação foi fundada por Ary Silva, que não tinha o diploma de jornalista (http://www.aceesp.org.br/site/?p=4879).  O Noriega precisa rever seus conceitos.”

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: