Camarotes, certificados… a suja política de Rachid no Corinthians

Paulo Garcia, Rachid e Roberto Andrade

Em 12 de junho, o Blog do Paulinho revelou que a diretoria do Corinthians tem se utilizado dos camarotes do clube para cooptar votos, em trabalho realizado pelo secretário da Presidência, Antonio Rachid.

Camarotes não vendem, mas servem para cooptar votos no Corinthians

Ontem, o UOL, esquecendo-se de citar a fonte, repetiu a informação, sem a coragem, porém, de nomear o referido secretário, que trabalha sob as ordens do presidente Roberto Andrade, mas é funcionário, na Kalunga, de Paulo Garcia, ligado à gestão.

De novo, apenas a constatação de velhos hábitos: Rachid, além de utilizar-se da máquina em desfavor dos cofres do clube para satisfazer os desejos de quem lhe propicia espaço, retomou a distribuição de “certificados”, espécie de diploma fajuto de corinthianismo, quase idêntico ao que distribuía, mais de uma década atrás, para favorecer politicamente Alberto Dualib, de quem era braço direito.

Se pudesse, daria, ou venderia, como no passado, vagas de conselheiro vitalício no Parque São Jorge, dinheiro este negado, mas pago, porém nunca encontrado na contabilidade alvinegra.

Mais “renovador” e “transparente”, impossível, pelo menos na elasticidade moral de quem, meses atrás, tratava os que estão no poder como bandidos, mas hoje, para circular na órbita do poder, acende vela para o capeta que queria exorcizar.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.