Filho de Presidente do Criciúma estaria dividindo “bicho” com jogadores

Mikael e Jaime Dal Farra

O Blog do Paulinho recebeu, anteontem, informação, que depois checou com algumas fontes, de que existe, no Criciúma, um nome estranho na folha de pagamentos de “bichos”, a famosa premiação oferecida, em regra para jogadores, quando muito, apenas a membros da comissão técnica, por objetivos alcançados.

Trata-se de Mikael Dal Farra, filho do Presidente do clube, Jaime Dal Farra.

Convenhamos, uma “farra”.

Jaime, além de “premiar” o filho, é apontando por gente do clube como sócio oculto de controverso empresário de jogadores, do qual ninguém sabe ao certo por qual nome chamar.

Genivaldo, Genival ou Denival são os documentos que já foram utilizados pela “personalidade”.

Juntos, teriam trazido ao Criciúma os atletas Maranhão, Valdívia e Adalgiso Pitbull, antes jogadores de Campinense e ASA de Arapiraca, reduto de atuação do agente de jogadores.

Mais recentemente adquiriram, também, o atleta Helio Paraíba, a custo de R$ 400 mil.

Recentemente, revelamos que havia na equipe catarinense denuncias de “esquemas” ligados ao ex-treinador Roberto Cavalo, que, por conta da exposição, acabou demitido, mas, pelo que se vê, as cabeças podem ter sido trocadas, mas os procedimentos, suspeitos, permaneceram.

Para saber mais sobre o empresário do três nomes, confira os links a seguir:

Empresário de jogadores, com três nomes, tem aliciado jogadores no Nordeste

Em lista de Wathsapp, associados da ABEX utilizam “Blog do Paulinho” para avisar sobre agente de jogadores com “três nomes”

Vítima fala sobre o achaque do “empresário” dos três nomes

Fernando Garcia estaria utilizando-se de preposto com três identidades para fraudar transferência de jogador da Paraíba

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para Filho de Presidente do Criciúma estaria dividindo “bicho” com jogadores

  1. O presidente é livre para fazer o que quer.Foi quem arrendou o clube e isto dá o direito de usar o dinheiro da forma que quer.

  2. Rodolfo Souza disse:

    O Criciuma já não é mais o mesmo a anos, falo em coisa de de dez a doze anos, pois é uma sucessão de erros e apostas mal planejadas que deixaram o clube nessa situação. O Criciuma e uma instituição para ser administrada por quem tem amor a ela e não por oportunistas que querem fazer dela um instrumento de promoção pessoal.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.