Advertisements
Anúncios

Rede Globo e Nike preocupam-se com delação de Ricardo Teixeira

Marcelo Campos Pinto (Globo), Andres Sanches e Ricardo Teixeira

As notícias de que o ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, corre para alinhavar acordo de delação premiada com o FBI tem deixado executivos da Rede Globo preocupados.

O temor acentuou-se com a prisão de Sandro Rosell, sócio do cartola que durante décadas comandou o futebol nacional.

Ambos eram responsáveis, e, segundo as investigações, receberam propina para destinar os direitos de transmissões dos principais campeonatos de futebol (além da exclusividade em jogos da Seleção Brasileira) a intermediários, certamente motivados, financeiramente, pelo comprador final.

Investigação da justiça espanhola dá conta de que somente Rosell e Teixeira dividiram exorbitantes 41% dos valores cobrados para ceder as transmissões da Seleção, que sempre teve apenas uma compradora: a Rede Globo.

Caso de J.Hávilla, que teria se utilizado de suas ligações com a família Saad para receber repasses de comissões, tudo indica, indevidas, pagas pela Globo à BAND, sob disfarce de cessão, sem custo (por vezes a preço simbólico) de partidas do Campeonato Brasileiro  (comercializadas pela emissora do Morumbi com anunciantes).

Se houve pagamento de vantagens indevidas a cartolas (como afirma o FBI) por conta desta negociação, a Globo, única compradora, há décadas, dos principais campeonatos (mesmo quando oferecia proposta financeira menor aos clubes) figura, evidentemente, como grande suspeita.

O interesse americano no caso, e a jurisdição, se dão por conta doutras negociatas de Rosell, ex-executivo da Nike, responsável pelo contrato com a Seleção Brasileira, que tonou-o famoso, alçando-o à presidência do Barcelona (da qual foi afastado por corrupção na compra de Neymar).

Se Teixeira resolver delatar (os últimos acontecimentos tendem a deixá-lo sem alternativa), o mundo do futebol (brasileiro e mundial), dos patrocínios e das comunicações sofrerá abalo semelhante aos proporcionados pela Operação Lava-Jato na política brasileira, sem porém, talvez, a ampla cobertura do Jornal Nacional.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: