Advertisements
Anúncios

Presidente da Portuguesa estaria em situação irregular

Em 05 de dezembro de 2016, o radialista Alexandre Barros, com expressiva votação, amparada em promessas de campanha que remetiam à modernidade, foi eleito presidente da Portuguesa.

Um mês depois tomou posse, oficialmente, do cargo.

Até anteontem, porém, 26 de abril, a ata desta reunião, segundo fonte, não havia sido registrada em cartório.

Em se confirmando a informação, o clube estaria sem representante habilitado para assinar qualquer tipo de negócio importante, desde contratações de jogadores até acordos judiciais.

Há margem ainda, segundo jurista ouvido pelo Blog do Paulinho, para que todos os atos de Alexandre Barros nestes meses de Portuguesa sejam questionados, gerando enormes prejuízos, financeiros e de imagem, ao clube.

Uma empresa, soubemos, deixou de fechar contrato com a Lusa por conta da falta desta documentação.

O assunto vazou internamente e, por conta de pressões, Alexandre Barros teria ordenado que, às pressas, a situação fosse normalizada, ainda esta semana (sem explicar, porém, o motivo do atraso gerador de toda essa confusão).

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: