Anúncios

Mustafá Contursi diz que só “mesa branca” pode comprovar título de associada de Leila Pereira (CREFISA)

“Por isso, concedi o título à esposa dele [Leila]. Infelizmente, as pessoas do clube que estavam nesse processo já morreram todas. Se alguém estiver muito interessado, que vá em uma mesa branca.”


Em entrevista a FOLHA, o “capo” palestrino, Mustafá Contursi, na tentativa de convencer a reportagem de que concedeu um título à madame Leila Pereira, esposa do dono da Crefisa, José Roberto Lamacchia, em 1996, tratou, em verdade, de fortalecer ainda mais as desconfianças daqueles que duvidam do procedimento, que, segundo o próprio, não pode ser comprovado.

Diz em alguns trechos:

“A concessão de uma condição de sócio patrimonial remido é ato administrativo, e foi o que fiz em 1996. Por alguma razão, os documentos se extraviaram do clube, como já aconteceu com muitas outras coisas lá, até mesmo troféus, que foram parar em ferros velhos.”

“O Zé Roberto [Lamacchia], pessoa da minha relação, era sócio vitalício, e não queria perder essa condição para adquirir um plano família. Por isso, concedi o título à esposa dele [Leila]. Infelizmente, as pessoas do clube que estavam nesse processo já morreram todas. Se alguém estiver muito interessado, que vá em uma mesa branca.”

Evidencia-se, diante do relato do ex-presidente, que o Conselho Deliberativo do Palmeiras deu posse a uma conselheira que não conseguiria, sem a ajuda de desencarnados (que não compareceram à reunião – talvez por não sentirem-se à vontade para faltar com a verdade ao lado do “criador”) comprovar sua legalidade para tal.

Além disso, se é estranho que o título de associada de Leila Pereira não conste nos registros palestrinos, mais ainda que o documento, diante das declarações de “palmeirense apaixonada” da madame não estivessem bem guardados em sua residência.

Convenhamos, elementos não faltam – talvez apenas a coragem – para que ao menos um dos 33 conselheiros que votaram contra a eleição da Sra. Crefisa ingressem na Justiça (como prometido e, até o momento, não cumprido) e consigam reverter a desonra à história do Palmeiras – a não ser que o juíz do caso permita que relatos do além, que ainda assim podem ser tratados como suspeitos, sejam utilizados como prova.

Parece piada ?

Em parte, é, mas também a realidade que comprova o nível das pessoas que comandam o Palmeiras nos dias atuais.

Anúncios

Uma resposta to “Mustafá Contursi diz que só “mesa branca” pode comprovar título de associada de Leila Pereira (CREFISA)”

  1. luizdireg Says:

    É por essas e outras que fico indignado: Caem aviões com jogadores, pais de família, trabalhadores, pensadores, artistas mas não morrem e nem cai o avião onde pragas como Lula e Mustafá estão a bordo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: