Anúncios

Os cartolas da CBF demonstram falta de pudor

(trecho da coluna de JUCA KFOURI na FOLHA)

Pudor zero

É preciso chamar a Polícia Federal, o Ministério Público, o diabo a quatro porque, desgraçadamente, o torcedor ainda não se mobiliza pela causa e os clubes são covardes e desunidos.

Mas se a carne é fraca a CBF é podre e acaba de perpretar mais um crime lesa-futebol brasileiro ao driblar a nova legislação esportiva e dar peso três ao voto das 27 federações estaduais, as capitanias hereditárias que passam a ter 81 votos contra apenas 60 de 40 clubes.

Juntas, as federações do Amapá e do Distrito Federal, sem clube algum nas principais divisões, têm seis votos enquanto, somados, Flamengo e Corinthians, os dois mais populares clubes do país e ambos na Série A, têm quatro.

A federação do Piauí, sozinha, também sem representatividade alguma, tem o mesmo peso de Inter e Santa Cruz, da Série B: dois votos.

Tudo porque a Profut exige a participação dos clubes das duas principais séries nas eleições da Casa Bandida do Futebol.

A pornográfica cláusula de barreira foi mantida, o que inviabiliza a candidatura de alguém fora do bando.

Marco Polo não viaja, mas segue livre para desrespeitar um mínimo de decoro.

Polícia, socorro!

Anúncios

Uma resposta to “Os cartolas da CBF demonstram falta de pudor”

  1. Alan Cézar (@EUABSOLUTIS) Says:

    Não tem que envolver PF, MP deputado (menos ainda), governos, entre outros contra CBF e Federações.

    No caso, basta uma simples lei para que os clubes sejam transformados obrigatoriamente em EMPRESAS, tirar deles o sem fins lucrativos, punição com perda de bens pessoais dados em garantia ao assumirem os cargos, clara e direta para CONSELHEIROS e DIRIGENTES por qualquer ilegalidade no clube, punição sumária. Tirar todo e qualquer tipo de isenção fiscal. Isso seria válido para TODO qualquer tipo de clube ou associação esportiva.

    No caso do futebol, quando apertarem os clubes, eles derrubam qualquer entidade, pois sem clubes eles SOMEM e perdem função e, à partir daí os clubes comandarão tudo no futebol, deixando apenas a CBF cumprindo a burocracia e cuidado de seleções, desaparecendo de vez as federações. no lugar das federações os clubes cuidarão da de tudo nos estados e repassarão à CBF o que for necessário. Neste caso, sem qualquer tipo de subserviência e sem ficarem com as frescuras sobre paixão clubística que atrapalha muito os negócios dos clubes, todos os clubes sairão vitoriosos.

    Já que é complicado “desmontar” os subdesenvolvidos da federações e CBF, que façam com os clubes que, só terão a ganhar sem as mesmas. De cara ficarão livres de taxas exorbitantes e sem sentido.

    CLUBE EMPRESA URGENTE!!!!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: