Ronaldo, Marcelo e o Real Madrid

Não é mais segredo para ninguém que o Ronaldo, fenômeno dentro de campo, demonstra distorções de comportamento graves fora das quatro linhas.

Sua atuação ao lado de Andres Sanches, no Corinthians, e na blindagem dos presidentes da CBF, desde Ricardo Teixeira até Marco Polo Del Nero, revelaram que não há limites para atingir seus objetivos.

Anteontem, comentando a partida da Seleção Brasileira contra o Uruguai, mais especificamente o lance em que Marcelo errou recuo de bola que resultou em penalidade favorável aos adversários, Ronaldo isentou o lateral, colocando a culpa, na maior cara de pau, no goleiro.

Os bastidores explicam, com facilidade, a estranha “opinião”.

Ronaldo recebe salários do Real Madrid (num desses cargos de “aspones”), clube que é defendido por Marcelo profissionalmente.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para Ronaldo, Marcelo e o Real Madrid

  1. Mais um sem caráter!

  2. e Galvão e Casagrande, ficaram quietos,. Galvão elogiou a visão do Cavani. Sim este foi inteligente. E Marcelo, um dos piores do Brasil,

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.