Advertisements
Anúncios

Presidente do Auto Esporte levanta nova suspeita contra o Botafogo/PB

Watteau Rodrigues

Revelamos, dias atrás, áudio do jogador Walter, ex-Botafogo/PB, contando que quando atuava no clube seus dirigentes tinham por hábito comprar jogos, corrompendo a arbitragem.

Zagueiro entrega compra de resultados favoráveis ao Botafogo/PB: “os caras são safados demais”

O caso, por razões óbvias, teve grande repercussão na Paraíba.

Walter veio a publico, em impressionante “cara de pau”, desmentir a autoria do áudio, e, até o momento, os representantes da arbitragem, sejam os da FPF ou o sindicato, estão calados.

Prejudicado no que parece ter sido uma armação em 2015, o presidente do Auto Esporte,  Watteau Rodrigues, em entrevista, disse ter levado o caso à Polícia, relembrando que no referido jogo (que Walter diz ter sido comprado), vencido pelo Botafogo/PB por três a um, duas penalidades deixaram de ser assinaladas a seu favor,

Foi, porém, em grupo de wathsapp que Watteau contou um episódio, envolvendo esta partida, mais impressionante (que deverá fazer parte do inquérito).

O dirigente disse que à época o principal atleta do Auto Esporte, Jô Boy, às vésperas da decisão contra o rival, abandonou a concentração numa sexta-feira, apresentando-se como jogador do Botafogo/PB, dois dias depois, na segunda:

“Chegou um carro lá sábado de manhã, e Jô Boy abandonou a concentração e o jogo”

“Jó Boy, que era a revelação do campeonato daquele e o mais perigoso atacante do Auto, abandonou a concentração no sábado antes do jogo com o Botafogo, este que Walter fala. Depois apareceu como contratado do Botafogo ! Dois dias depois….”

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: