Anúncios

O Campeão Impossível

maradona

Assisti, ontem, o ótimo documentário “O Campeão Impossível”, que retrata os bastidores da conquista, pela Argentina, da Copa do Mundo de 1986, em desempenho notável de Diego Maradona.

O filme está disponível para quem tem acesso ao Netflix.

Duas declarações de grandes jogadores da época chamaram a atenção.

Disse Karl-Heinz Rummenigge, o ídolo alemão, derrotado na final pelos argentinos:

“Maradona jogou na Copa de 1986 mais do que Pelé em todos os Mundiais que disputou”

Depois, o inglês Gary Lineker, que jogou as quartas de finais em que Diego marcou, talvez, o mais belo gol da história dos mundiais:

“Tive vontade de aplaudir (o gol de Maradona) dentro de campo, mas por razões óbvias me segurei”

Décadas depois, era nítida a emoção de todos ao narrar os acontecimentos, demonstrando o quão poético é o futebol na cabeça dos que o tratam com respeito merecido.

Anúncios

Uma resposta to “O Campeão Impossível”

  1. Luís Jorge Araújo Junior Says:

    Maradona, não jogou mais nem que Garrincha em 1962, além do que fez um gol ilegal, sem o qual possivelmente Argentina nem da Inglaterra passaria (gol de mão), não tem nem metade do gols de Pelé, nem fez o que Pelé fez em 1958 (com 17 anos se gol irregular). A verdade é que Maradona tinha incrível habilidade, mas não era mais completo (artilheiro, chutar com as duas, cabecear, além de armar- isso fazia) nem que Zico, quem dirá de Pelé… Comparar qualquer coisa com o Pelé (tem mais gols que Maradona em Copas também) é sempre uma ignorância!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: