Corinthians: impeachment de Roberto Andrade está nas mãos de Andres Sanches

Andres Sanches, Roberto "da Nova" Andrade e Mario Gobbi

Andres Sanches, Roberto “da Nova” Andrade e Mario Gobbi

Apesar de parecer uma decisão coletiva, o impeachment do presidente do Corinthians, Roberto “da Nova” Andrade, somente acontecerá mediante decisão pessoal do deputado federal Andres Sanches (PT).

Pouco importa o parecer de qualquer comissão ou até mesmo a vontade de conselheiros.

Por mais que, nos últimos meses, tenham surgido alguns “pais da criança”, o máximo que podem conseguir já está em curso, ou seja, a instauração do inquérito administrativo.

Nem mesmo a propensão, clara, do presidente do Conselho, o desembargador Guilherme Strenger, em derrubar o presidente, possui a força necessária para tal, se o “dono do clube” não estiver de acordo com o procedimento.

Essa situação de “mãos atadas” se dá como herança, ainda, do sistema de votação de conselheiros denominado “chapão” (que não mais se repetirá), que colocou no Conselho Deliberativo 200 submissos ao parlamentar, de um total de trezentos e tantos.

O quadro é claro: os grupos oposicionistas votarão pelo afastamento de Andrade, os dissidentes da gestão, também, os situacionistas, pelo arquivamento do processo, restando à maioria aguardar o posicionamento de Andres Sanches, ainda indefinido (mesmo diante dos recentes “mimos” recebidos pela gestão, como o lucrativo controle das categorias de base alvinegras).

Não há pressão de torcida, associados, imprensa ou quem quer que seja que possa alterar alguma coisa.

Se tiver certeza que, após a queda do presidente, o vice André Negão (que divide opiniões em todos os grupos) será eleito para dar continuidade aos seus desejos, o deputado não se constrangerá em trair Roberto Andrade, ordenado o impeachment, mas, qualquer sombra de dúvida ocasionará no voto contrário, para então, talvez ele próprio se lançar candidato em 2018, em provável disputa com Roque Citadini.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.