Palmeiras pagará perito judicial no “caso Lincoln”

284aa-lincoln-palmeiras-galeria

Desde 2013, o jogador Lincoln tenta, judicialmente, receber R$ 4 milhões do Palmeiras, entre salários e outros direitos.

Os bens do clube, inclusive, já foram penhorados.

Em agosto de 2016, a Justiça decidiu levar o caso para peritagem, porque o Verdão alega exagero no valor da cobrança.

Após embargos e demais recursos, enfim definiu-se o valor a ser pago ao perito: R$ 15 mil.

O clube terá quinze dias para deposíta-los, o profissional, dez para inciar os trabalhos e, nos vinte subsequentes deverá entregar a conclusão.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.