Álvaro Pereira e o ato idiota

asno sorrindo

”meu desejo é jogar no Timão, gostaria de jogar no time do povo, eu quero sair campeão e f…. os bambis”

Poucas vezes se viu uma atitude tão idiota, e depreciativa de sua própria personalidade, quanto a do lateral uruguaio Álvaro Pereira, que, ao se rastejar nos pés do Corinthians para ser contratado, como ato final da própria humilhação, decidiu ofender o São Paulo, clube que, profissionalmente, honrou todos os compromissos com o atleta, além do torcedor do Tricolor, maior afetado pelo carinho vigente com o jogador.

Apesar da iniciativa de procurar o jogador ter sido de Andres Sanches (que desmente), o negócio, nebuloso, foi barrado pelo gerente de futebol Alessandro, um dos fatores que desencadeou a desavença pública entre ambos.

Sobre a negativa do deputado, o agente do uruguaio foi incisivo:

“Esse cara é um mentiroso e está mentindo terrivelmente. Quem procurou a gente foi o Andrés Sanchez. Não entendi porque ele está falando coisas que não são verdade”

Em desespero, o atleta deu um tiro no pé, na moral e na inteligência.

Pereira se queimou em todos os lugares e dificilmente terá espaço relevante daqui por diante.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.