Em meio ao caos, Presidente do Corinthians viaja e deixa o clube nas mãos de ex-bicheiro

ronaldo-neto-e-andre-negao

Sem dinheiro para pagar as contas, além da necessidade, urgente, de contratar novo treinador e compor elenco para as disputas de campeonato em 2017, o presidente do Corinthians, Roberto “da Nova” Andrade, em aparente despreocupação, largou o clube na mão e viajará, logo mais, aos EUA, local de onde voltará, segundo previsão, daqui há 15 dias.

No período, responderá pelo cargo no alvinegro o vice-presidente André Negão, ex-bicheiro, detido, recentemente, pela Operação Lava-Jato da Polícia Federal sob acusação de receber R$ 500 mil em propina da Odebrecht (desviados das obras do estádio em Itaquera).

Em tese, mesmo em exercício, o chefe de gabinete de Andres Sanches terá poder suficiente para dar aval a todas as contratações, vendas de atletas e demais assuntos do futebol.

Há quem diga, apesar da versão oficial de “férias”, que a ausência de Roberto seria exatamente para isso: facilitar a vida de Andres Sanches neste período, em troca de apoio para não cair no impeachment.

Nos últimos dias, relatos de empresários dão conta de que Mauro “Van Basten”, homem do deputado nas transações, teve suas ações, digamos, limitadas em negociações do clube, mas que o “limitador”, o diretor Flávio Adauto, estaria utilizando-se dos mesmo métodos, até com mais voracidade, ocasionando desconforto nas tratativas.

Abaixo, em vídeo recheado de ironia, André Negão (já sabendo que ocupará a presidência por 15 dias) deseja “Feliz Natal” aos corinthianos:

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.