Com novo presidente, Crefisa amplia, perigosamente, poder no futebol do Palmeiras

crefisa valdivia

Nem bem assumiu a presidência do Palmeiras, Maurício Galiotte, amigo dos proprietários da Crefisa, patrocinadora do Palmeiras, ampliou o horizonte de atuação (que já era temerário) da empresa no clube.

A dona da “financeira” dos negativados tem concedido entrevistas insinuando contratações milionárias para 2017, e até posado como candidata do Conselho, com o deplorável apoio da facção criminosa “Mancha-Verde”.

Além da inadequada situação em que patrocinador passa a ter direitos sobre determinados atletas, que induz o treinador a escalá-los, o objetivo principal, todos sabem no Palmeiras, é preparar o caminho para que a Crefisa assuma poder absoluto (presidência), em futuro próximo.

Diante do histórico processual da empresa e de evidências da utilização do futebol – em todo o mundo – para práticas suspeitas, é legítimo desconfiar de todas as intenções.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.