Corinthians perderá milhões por confusão dos Gaviões da Fiel. Andres Sanches comemorou…

andres-e-gavioes

Por decisão do STJD, o Corinthians está proibido de utilizar, por tempo indeterminado, os setores do estádio de Itaquera que costuma separar para utilização da facção criminosa Gaviões da Fiel.

O prejuízo poderá atingir milhões de reais.

Vale lembrar que a promiscuidade entre diretoria e “organizados” já havia gerado outras perdas, entre as quais a retirada de assentos das arquibancadas e a consequente distribuição de ingressos a preço de custo (que os bandidos revendem por preço mais alto e dividem com alguns conselheiros).

A punição, que pode incluir ainda, após julgamento, a perda de dez mandos de campo, se deu pela manifestações violentas contra a gestão Roberto “da Nova” Andrade, que resultaram em quebra-quebra e tentativa de invadir camarotes.

No dia seguinte, representantes da facção estiveram no Parque São Jorge e deixaram, em frente a sala da Presidência, faixas de protesto contra o dirigente e o diretor de futebol, Eduardo “Gaguinho” Ferreira, mencionado pela alcunha “mongolóide”.

O dono deles, o deputado Andres Sanches, não foi criticado, em nenhuma das manifestações.

Sabe-se, no Corinthians, que a repentina insatisfação dos Gaviões iniciou-se após desacordo entre Roberto e Andres Sanches, grande incentivador financeiro da “torcida”, que, não por acaso, em meio ao clima bélico atual, segundo informações, refastelava-se, na última madrugada, com os referidos criminosos em ensaio de carnaval.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.