PRB paga multa de Marcelinho Carioca e TSE confirma candidatura

lula marcelinho

Na última semana, o TSE, a pedido do MPE, decidiu impugnar a candidatura a vereador de São Paulo, proposta pelo ex-jogador Marcelinho Carioca, enquadrando-o na lei popularmente conhecida como “Ficha Suja”.

Marcelinho Carioca tem candidatura impugnada pelo TSE com base na Lei da “Ficha Limpa”

Marcelinho deixou de honrar com o pagamento de R$ 200 mil, referente à multa por condenação ambiental e má-fé, além de não ter apresentado, também, diploma que comprovasse a escolaridade informada no cadastro eleitoral (2º Grau).

O TSE, então, concedeu prazo de, no máximo, sete dias para regularização.

Na data limite, o PRB, partido do ex-jogador, quitou a pendência (R$ 200 mil) e um certificado escolar, que o MPE considerou suspeito, foi juntado aos autos.

Ainda assim, o Ministério Público, não se dando por satisfeito, novamente solicitou que a candidatura não fosse aprovada, porém o TSE pensou diferente, e, em consequência, Marcelinho Carioca teve deferida seu pedido.

Caberá agora ao maior dos Tribunais, o Povo, impedir que São Paulo seja infelicitada por um vereador de hábitos conhecidos, e que, de cara, já entraria na Câmara devendo favores (e dinheiro) a seu próprio partido, incompatíveis com os rendimentos oficiais de seu possível salário.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.