Palmeiras não precisará depositar 22,5% da transação de Gabriel Jesus em juízo

Gabriel Jesus

A empresa Naima Ferreira e Companhia Ltda, sócia da CR Sports nos direitos econômicos de Gabriel Jesus, ingressou com ação judicial para cobrar do Palmeiras 22,5% sobre a transação do atleta para o Manchester City, avaliada em R$ 121 milhões.

O clube alega não ser obrigado a pagar, cobrando ainda R$ 1 milhão em multa, porque os empresários teriam descumprido clausula contratual que impediria repasse de percentuais a terceiros, ocorrido, segundo o Verdão, após a inclusão de dois novos sócios no contrato social da Naima.

Em decisão liminar, a Justiça indeferiu pedido dos agentes para que o Palmeiras fosse obrigado a depositar em juízo a quantia discutida nos processos.

O despacho diz que o clube tem ativos suficientes para honrar com a despesa em caso de derrota nos Tribunais.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.