André Negão (PDT) é acusado de fraude em divulgação de candidatura a vereador

negão candelária 1

Dep. Luiz Moura (ligado ao PCC, segundo o MP) ao lado de André Negão (PDT) com Luis Medeiros (na faixa)

A FOLHA, de ontem, trouxe reportagem dando conta de que candidatos a vereadores, entre os quais André Luiz (PDT), vulgo André Negão, tem se utilizado de fraudes na exposição de faixas de “agradecimento”, localizadas em obras da qual não nunca participaram.

Negão é vice-presidente do Corinthians e já foi preso em diversas oportunidades.

Em três delas (registradas) por contravenção ligada ao Jogo de Bicho, uma por agressão a mulher e a última, meses atrás, no âmbito da Operação Lava-Jato, da PF, acusado de receber R$ 500 mil em propina da ODEBRECHT.

Diz trecho da reportagem:

“Candidatos a vereador em São Paulo aliados ao Secretário de Coordednação de Sub-Prefeituras de São Paulo, Luiz Antonio de Medeiros, tem aproveitado obras públicas para se promoverem”

“No bairro da Vila Gil, na Zona Leste, a Prefeitura asfaltou a rua Nova Esperança e um campo de futebol improvisado, que até três semanas atrás era de barro, assim como o resto da via”

“De acordo com um proprietário de uma venda em frente ao campo, Medeiros pediu para que ele colocasse uma faixa em homenagem a si e “ao amigo André Luiz”, com retrato de ambos, “pelas melhorias realizadas em nosso bairro”

“André Luiz Oliveira, conhecido como André Negão, é candidato pelo PDT e vice-presidente do Corinthians”

“Edvandro Rios Coelho, dono do mercado onde foi afixada a faixa e vice-presidente da associação de moradores, disse que Oliveira (André Negão) não apareceu na região”

“Oliveira foi preso em flagrante, em março, por porte ilegal de armas e liberado ao pagar fiança de R$ 5 mil”

“Alvo da Operação Lava-Jato, ele foi citado sob suspeita de ter recebido R$ 500 mil em propinas da Odebrecht, mas nega a acusação”

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.