“André Negão + Lava-Jato = menos R$ 500 mil”, diz faixa de torcida em protesto no Parque São Jorge

protesto andré negão

Circulou, ontem à noite, em mídias sociais de conselheiros do Corinthians, imagens de protestos dos torcedores alvinegros, insatisfeitos com a atual gestão alvinegra.

As faixas diziam:

“André Negão + Lava-Jato = menos R$ 500 mil”, “Diretoria Omi$$a” , “Edu Mongoloide: cadê o centro-avante, qual sua função ?”, entre outras coisas.

Candidato a vereador de São Paulo pelo PDT, Negão é vice-presidente do clube, recentemente preso pela Operação Lava-Jato sob acusação de receber R$ 500 mil em propina da Odebrecht, construtora do estádio em Itaquera, dinheiro que a Polícia Federal acredita ter sido intermediado para o bolso do deputado federal Andres Sanches (PT).

Edu é o “gaguinho”, diretor de futebol não assumido, oficialmente, pelo site do clube, que o trata como “adjunto”.

Quando o futebol vai mal a torcida se levanta e fica realmente difícil encobrir os desvios de conduta.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.