Brasil vence a Colômbia na batalha de Itaquera

image

No futebol da segunda etapa e na guerra que foi a primeira, o Brasil se deu melhor que a Colômbia, vencendo por dois a zero, classificando-se para as semifinais das Olimpíadas.

Desde de o início do jogo, os colombianos pareciam ter objetivo de intimidar a seleção brasileira através de pura pancadaria.

Aos 11 minutos, caíram do cavalo, quando Neymar, numa das faltas, abriu o marcador.

Quando tivemos futebol, a Colômbia equilibrou as ações e chegou até a levar alguns perigos para a meta brasileira.

Faltando dez minutos, porém, a pancadaria foi reiniciada, com a ajuda de uma arbitragem absolutamente conivente.

Neymar apanhou muito, num revezamento de agressores como poucas vezes visto, mas devolveu, aos 43 minutos, levando cartão amarelo.

Tivemos futebol, enfim, na etapa final.

Nada muito brilhante, ainda pegado, mas agradável no contexto de uma partida decisiva.

O Brasil se portou melhor, mesmo diante da tentativa de pressão adversária, tendo ainda sido prejudicado por uma não marcação de penalidade escandalosa.

Aos 37 minutos, Luan viu o goleiro adiantado e marcou belo gol, sacramentando o resultado.

No final, a vitória foi justa, colocando a seleção nas semifinais contra a fraca Honduras, praticamente sacramentando, no mínimo, a conquista da medalha de Prata.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.