Marta e Neymar

marta e neymar

“Ah! Marta é melhor do que Neymar”, gritavam torcedores brasileiros, extasiados, diante da magnífica atuação de uma Seleção Brasileira que gosta de jogar futebol, a ainda tem competência para vencer encantando.

Alguns trataram como exagero… será ?

Marta foi eleita em cinco oportunidades a melhor jogadora do mundo, e, mesmo quando não recebeu o prêmio, ninguém sequer duvidou de sua capacidade.

É assim também com Messi, foi com Maradona e, principalmente, com Pelé.

E Neymar ?

Não há dúvidas de que nos últimos anos foi o melhor jogador do Santos, embora, jamais será o maior a ter vestido a camisa do clube.

Tudo bem, convenhamos, a disputa com o Rei é impossível.

E no Barça ?

Na equipe catalã, se tanto, Neymar atingiu o patamar de quarto jogador mais importante do elenco, atrás de Messi, Iniesta, e Suarez.

Dificilmente entrará na lista dos dez melhores que já vestiram a camisa do clube, tamanho o nível do ex-jogadores.

Pela Seleção Brasileira, hoje, é o melhor entre medianos e piores, num crescente acúmulo de vexames que em nenhum momento fez a diferença para evitar.

Voltando ao torneio olímpico, Marta, por anos, carregou na costas diversas gerações de garotas, por vezes acompanhada de boas parceiras (como agora), noutras sofrendo com a discrepância de qualidade.

Em momento algum perdeu a liderança, seja a técnica ou a de convivência com o grupo, amparada em elogiável postura profissional, incapaz que seria, por exemplo, de um mês antes dos Jogos enfiar-se em esbórnias e baladas regadas a cocaína e prostituição, como muitos jogadores tratados com importância costumam fazer.

Noutro exemplo, uma semana antes das Olimpíadas, nitidamente fora de forma, Neymar promoveu festa de arromba, com direito a situações inimagináveis, levando consigo outros irresponsáveis, entre os quais o atacante Gabigol.

Por tudo, em contexto geral, sem comparar a intensidade física entre futebol masculino e feminino, mas fazendo-o, com vantagem para as garotas, no âmbito técnico, não apenas a Seleção das Mulheres é melhor do que a dos Homens, como Marta, seja como atleta, jogadora, mito e cidadã (os MPs de Brasil e Espanha atestam), está anos luz à frente de Neymar.

Para o futebol feminino, Marta é Pelé, enquanto no masculino, apesar de grande, Neymar nunca será mais do que “Neymar”.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.