Edilson “Capetinha” e empresa da Bulgária cobram R$ 3,5 milhões do Santos na Justiça

cicinho bulgaria

Na última quarta-feira, duas empresas, a Gold Soccer, do ex-jogador do Corinthians, Edilson “Capetinha”, e a búlgara Aspire Sport Ad, ingressaram com ação de cobrança contra o Santos, alegando inadimplência em acerto comercial.

A dívida é de R$ 3,5 milhões.

O fato estranho é que a negociação que liga o Peixe ao país europeu é a do lateral Cicinho, que foi vendido ao Ludogorets, em julho de 2015, porém por R$ 3,1 milhão, valor inferior à comissão cobrada pelos processantes.

Modesto Roma Junior deve ter uma ótima explicação para o episódio.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.