Advertisements

Triste, Messi fala em abandonar Seleção. Mas pode, com apenas um título, superar Maradona

messi

Nos vestiários, ainda de cabeça quente, o gênio Lionel Messi, machucado pela perda da quarta final consecutiva pela Argentina, equipe pela qual ainda busca conquistar um título, desabafou dizendo que não mais jogaria pela Seleção.

Difícil acreditar que a decisão seja mantida, ao menos, até o Mundial da Rússia, em 2018.

Multi-campeão, de tudo, pelo Barcelona, o gênio, em permanecendo, terá a oportunidade de superar Maradona, objetivo este que certamente o estimulará a mudar de ideia.

Sem partir para a análise técnica entre os dois mitos (ambos magníficos), em resumo, se Messi ainda não conseguiu erguer troféus por seu país, Diego, que já encerrou a carreira, somente numa oportunidade conseguiu o objetivo final.

Maradona nunca venceu Copa América, tem um Mundial (o de 1986) e um vice (1990).

Enquanto isso, Messi, três vezes vice da Copa América, venceu uma Olimpíada, e também foi vice de uma Copa do Mundo, restando ainda a possibilidade de uma conquista, em 2018.

A tarefa é dura, assim como foi a de Maradona, porque ambos, cada qual em seus respectivos períodos, nunca tiveram a seu dispor equipes de arrancar suspiros, obrigando-se a fazer de tudo um pouco, quase levando um país inteiro nas costas.

Fazer gols, dar passes para tal e suportar uma pressão inimaginável.

Se Messi vencer o Mundial da Rússia, superará, com apenas um título, o currículo de Maradona, igualando em conquistas Mundiais, em vice-campeonato de Copa do Mundo, superando-o, porém, em numero de gols marcados e demais disputas de finais (além da conquista Olímpica).

Não é pouca coisa.

Messi precisa, nem que seja pela última vez, dar-se a oportunidade de lutar para chegar ao objetivo que ontem o fez repensar, chorar, sofrer, mas quiça em gramados russos possa consagrá-lo, ainda mais, como gênio que é, apesar de que nem mesmo outro revés apagará da mente de quem teve o privilégio de vê-lo nos gramados os momentos de magia proporcionados por sua imensa habilidade.

Advertisements

Facebook Comments

2 Responses to “Triste, Messi fala em abandonar Seleção. Mas pode, com apenas um título, superar Maradona”

  1. Olavo Pereira Says:

    QUEM É MAIS ÍDOLO?
    ZICO PARA OS FRANCESES OU MESSI PARA OS CHILENOS?

    #ROMÁRIO1000GOLSECAMPEAODOMUNDO

  2. Renê Cruz Says:

    Na boa, torci mto pra ele…

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: