Advertisements
Anúncios

Seleção Olímpica tem que ter Prass, Neymar e Willian, o restante é tudo “japonês”

prass

Havia um ditado antigo no futebol, antes do Japão evoluir no esporte, de que jogadores que pouco se destacavam nas equipes eram “tudo japonês” (assim mesmo, com a concordância irregular).

Creio que a frase pode ser retomada no atual estágio da Seleção Olímpica do Brasil.

Na relação dos pré-convocados para os Jogos, entre comuns, há apenas dois diferenciados: Neymar e Willian.

Um é craque indiscutível, o outro, muito bom.

Ambos na lista dos que possuem mais de 23 anos (apenas três destes poderão ser convocados).

Os outros são: Douglas Costa, Fernando Prass e Thiago Silva.

Em sendo treinador, levaria, além dos dois já destacados, o goleiro Fernando Prass, que, aos 37 anos, nunca vestiu a camisa da Seleção Brasileira, e, diante dos outros goleiros da relação, indubitavelmente é o que apresenta melhor desempenho no momento.

Thiago Silva, seria, talvez, a grande dúvida, ou perda, com a escolha do goleiro palestrino, enquanto Douglas Costa é apenas um jogador razoável, bem encaixado no ataque de uma equipe extraordinária (o Bayern).

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: