Advertisements

Palmeiras tem obrigação de entrar na Justiça contra a Mancha Verde

porco dinheiro

Penalizado pela ação criminosa de bandidos da Mancha Verde, o Palmeiras terá que jogar uma das partidas do Campeonato Brasileiro, na Arena Palestra, com portões fechados.

Deixará de arrecadar, em números modestos, algo em torno de R$ 1 milhão.

O presidente Paulo Nobre, que já demonstrou coragem em enfrentar essa gente, tem agora grande oportunidade de ir além, servindo como exemplo de conduta para dirigentes doutros clubes.

Basta processar a facção criminosa por perdas e danos (inclusive de imagem), exigindo a devida reparação financeira.

Não conseguirá penhorar, por razões óbvias, os recursos oriundos de narcotráfico, roubo de cargas e demais imoralidades que sustentam a Mancha Verde, mas impedirá, por exemplo, que a facção receba os milhões de reais que patrocinam o Carnaval, preenchendo os caixas palestrinos com a indenização.

Advertisements

Facebook Comments

One Response to “Palmeiras tem obrigação de entrar na Justiça contra a Mancha Verde”

  1. Alessandro H.R. Says:

    vai sonhando Paulinho, o PN é mais do mesmo dos dirigentes brasileiros, todos sem exceção estão fechados com as organizadas, aquele discurso dele foi só pra enganar

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: