Advertisements

Em Tremembé, muita gente garante que Edinho está mentindo

Em recente entrevista, o ex-goleiro Edinho, agora treinador do Água Santa, diz ter sido injustiçado ao ser condenado a 33 anos de prisão por tráfico de drogas e formação de quadrilha.

Vale lembrar que está em liberdade aguardando julgamento de recurso.

Testemunhas, porém, várias por sinal, privadas da liberdade por crime semelhante, presas no presídio de Tremembé (onde Edinho passou rapidamente), desmentem o filho de Pelé com veemência.

Um deles, inclusive, apresentou-se a este jornalista como “parceiro” de Edinho e seus supostos comparsas, em Santos.

As histórias, que um dia serão contadas em livro, são do arco da velha.

Além disso, diante das acusações que envolvem a equipe do Água Santa, de ser financiado pelo crime organizado, também confirmadas em Tremembé, torna-se ainda mais difícil conceder alguma credibilidade a quem, segundo a Justiça, não revelava pudores em utilizar-se da fama do pai para delinquir.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: