Advertisements
Blog do Paulinho

Empresário de Yago, Kia Joorabchian obrigou Joaquim Grava a assumir, publicamente, erro em doping do jogador

STJ mantém ação de Lavagem de Dinheiro contra Kia Joorabchian e iraniano não pode mais entrar no Brasil

A constrangedora entrevista coletiva em que o Dr. Joaquim Grava, com sinais de alteração, sentado ao lado do presidente do Corinthians, Roberto “da Nova” Andrade (com cara de poucos amigos) admitiu a culpa por ter receitado remédio que levou o zagueiro Yago a ser flagrado em exame antidoping teve bastidores nada amigáveis.

O zagueiro, no Brasil, tem contrato de representação assinado com a “One on One”, do empresário Cristiano Lamardo, que antes atendia pela Energy Sport, de tantos e tantos “rolos” no futebol.

Porém, a empresa pouco “apita” na condução da carreira do atleta.

Em verdade, o gestor de Yago, com outro acordo assinado (supostamente apenas para negociações no exterior), é o agente Giuliano Bertolucci, preposto do iraniano Kia Joorabchian, tão próximo do ex-presidente Andres Sanches, que seus filhos, frequentemente, viajam juntos para diversos eventos e hotéis tanto de Europa, quanto Estados Unidos.

Segundo informações, quando soube do resultado do exame antidoping, Joorabchian, percebendo a evidente desvalorização de seu “produto”, exigiu a Andres Sanches que obrigasse o culpado pelo episódio, Dr. Joaquim Grava, a fazer retratação pública, para salvar um pouco da imagem do jogador.

Sanches repassou o “pedido” a Roberto Andrade que prontamente obedeceu.

Não foi fácil convencer Grava, que se viu obrigado a descer, com alguma dificuldade, os degraus da arrogância e assumir, publicamente, mais um de seu grande rol de equívocos.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: