Coluna do Fiori

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

Viva a Copa

Saúde, Educação e Segurança; assim como: Trabalho, Seriedade e Retidão, Nada; Né Não!  Meu povão?

Euclydes Zamperetti Fiori

—————————————————–

Última Rodada da Fase de Classificação da Copa 2014

Sábado 21/06

Argentina 1 x 0 Irã

Árbitro: Milorad Mazic (SER)

Mesmo estando próximo no momento em que Zabaleta, defensor argentino, cometeu falta penal no oponente Dejagah, o árbitro deixou de sinalizar. Prejudicou a seleção iraniana

Alemanha 2 x Gana 2

Árbitro Sandro Meira Ricci (BR)

Assistente 01: Emerson de Carvalho (BR)

Assistente 02: Marcelo Van Gasse (BR

O trio brasileiro que representou e aplicou as leis do jogo, principalmente, o árbitro; não foi exigido, vez que não ocorreram lances duvidosos, tanto dentro quanto fora das áreas

Nigéria 1 x 0 Bósnia 

Árbitro: Peter O Leary (NZ)

Por volta do vigésimo segundo minuto da etapa inicial, acatou seu assistente e, apontou impedimento do atleta Dzenko, da Bósnia, que, em posição legal, mandou a bola pro fundo da rede nigeriana.

Domingo 22/06

Bélgica 1 x 0 Rússia

Árbitro: Felix Brych (ALE)

Não influiu no resultado: no todo; Trabalho normal

Estados Unidos 2 x 2 Portugal

Árbitro: Nestor Pitana (ARG)

Com pouquíssimos senões: Desempenho normal

Segunda Feira 23/06

Holanda 2 x 0 Chile

Árbitro: Bakary Gassama (GAM)

Apesar de ser bem discreto, de não ter influído no resultado; no item disciplinar, poderia e deveria ter sido, mas enérgico

Brasil 4 x 1 Camarões

Árbitro: Jonas Eriksson (SUE)

Acredito e muito, que ocorreu impedimento no gol de Fred. Explico:

– No momento em que a bola foi cruzada e completou sua circunferência, o atacante brasileiro Fred (autor do gol) se encontrava na frente da linha da bola; assim que tocou na bola, configurou a irregularidade

Observação

Sou convicto que adequado número dos analistas notaram o mesmo; posteriormente, ao verem a linha computadorizada (esquema estático formalizado por técnico, conseqüentemente, sujeito a erros), chegaram ao concluso da regularidade do lance. Sem entrar no mérito; permaneço com minha opinião

Terça Feira 24/06

Itália 0 x 1 Uruguai

Árbitro: Marco Rodrigues (MEX)

Item Disciplinar

– O lance faltoso e violento cometido por Marchisio, atleta da seleção italiana, no momento que solou um dos oponentes, com a sola da chuteira, de sua perna direita; acertou o árbitro, por ter expulsado Marchisio

– Posteriormente, o árbitro e, principalmente, o assistente, que deveria estar ligadíssimo no movimento dos atletas no interior da área italiana (se viu, se fez de migué), deixaram de tomar posição (expulsão) do uruguaio Soares, quando do lastimável episódio da mordida no ombro do zagueiro Chiellini, da Itália

Grécia 2 x 1 Costa do Marfim

Árbitro: Carlos Vera (ECU)

Sem problemas

Quarta Feira 25/06

Nigéria 2 x 3 Argentina

Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)

Sem problemas; Jogo bem disputado

Honduras 0 x 3 Suíça

Árbitro: Néstor Pestana (ARG)

Deixou de sinalizar a penalidade cometida por, Djourou, defensor da Suíça, no atacante hondurenho, Jerry Palácios; ocorrido por volta do décimo sétimo minuto da segunda etapa, ocasião em que o placar estava 2 x 0

Quinta Feira 26/06

Estados Unidos 0 x 1 Alemanha

Árbitro: Ravshan Irmatov (UZB)

Sem problemas

Argélia 1 x 1 Rússia

Árbitro: Cuneyt Cakir (TUR)

Agiu corretamente nos momentos que tirou o cartão amarelo do bolso para advertir 2 atletas de cada equipe. No todo, trabalho aceitável

EM TEMPO

Fiquei satisfeito com o gol do empate e classificação da seleção da Argélia

Petismo na Copa 2014

1

Senado Federal aprovou projeto para anistiar a divida tributária das Santas Casas em todo o Brasil, Dilma/PT vetou o projeto e fez um substitutivo em que as Santas Casas terão que ficar quinze anos quitando pontualmente seus impostos e só após isso será dada a anistia.

O engraçado, senão trágico, a FIFA foi totalmente isentada de impostos na Copa das Copas do PT/Lula/Dilma, é a primeira vez que isso acontece em uma Copa do Mundo.

Quem lutou para trazer a Copa para o Brasil foi o Lula no apogeu da sua popularidade, a Dilma continuou o nefasto projeto, rasteiro, de popularismo barato, eleitoreiro, e agora superfaturado e o povo acordando. Quiçá seja um tiro no pé.

2

Política

ROBERTO CARLOS & Cia vendem carnes Friboi

O grupo JBS/Friboi apelou de vez por todas.  O grupo, através da sua agência W/McCann, contratou o cantor Roberto Carlos, por cachê não revelado e os atores globais Fátima Bernardes, Tony Ramos e Ana Maria Braga, respectivamente por R$ 5 milhões, R$ 3 milhões e R$ 1 milhão, mensais, para fazer propagando dos produtos do grupo Friboi.  É o começo do fim do JBS/Friboi. As ações da JBS vem caindo na Bovespa.

Só para lembrar, o grupo JBS/Friboi deve ao BNDES e bancos privados, R$ 30 bilhões, conforme demonstra o balancete de junho de 2013.  O patrimônio líquido da empresa JBS/Friboi, descontado os ativos intangíveis, é de R$ 8 bilhões.  O endividamento está totalmente fora dos padrões normais de uma empresa com boa governança corporativa.  Tal qual tinha acontecido com a OGX do empresário estelionatário Eike Batista.  O Friboi é dos outros Batistas.

O que fica evidenciado é de que a empresa JBS/Friboi tem seu índice de alavancagem em relação ao patrimônio líquido fora dos padrões de grandes corporações com ações na Bolsa de Valores. Além de tudo, o endividamento junto ao BNDES, dentro do programa PIS, com juros subsidiados, está concentrado demais para um grupo empresarial só, no caso JBS/Friboi.  O grupo JBS/Friboi tem sozinho, cerca de 5% do valor total de recursos do programa PIS – Programa de Investimentos Sustentáveis.  Este programa, eu o denomino de Bolsa Empresário, porque o Tesouro toma no mercado dinheiro pagando taxa Selic (hoje, 10,75%) e empresta aos empresários à uma taxa média de 3,5% ao ano. O Tesouro e ou BNDES paga a diferença de juros de empréstimos concedidos aos empresários bolsistas.

Além do setor de carnes, o grupo dos Joesley Batista e Wesley Batista, está pedindo recursos de R$ 2,8 bilhões aos fundos de pensão Previ, Petros e Funcef para dobrar o tamanho da Eldorado, indústria de celulose controlada pela família Batista.  Além dos recursos dos fundos de pensão, a Folha, noticiou que os Batistas tem pretensão de emprestar R$ 4,8 bilhões do BNDES e do fundo de desenvolvimento regional do Centro Oeste.

Como foi dito por mim, numa das matérias anteriores ao grupo JBS/Friboi, o envolvimento do grupo dos irmãos Batista com os poderes da República, está mais do que evidente.  O “modus operandi”, tanto no aspecto empresarial como na vida particular dos irmãos Batista se assemelha muito com outro Batista, o empresário estelionatário Eike Batista que levou a empresa OGX a situação de recuperação judicial, a falência.

Não há como negar que o grupo JBS/Friboi é favorecido aos financiamentos subsidiado do BNDES, com interferência direta dos poderes da República, de Lula e da atual, Dilma.  Muitos que são favoráveis à administração Lula & Dilma, dizem que tomar dinheiro emprestado do BNDES é uma operação normal.  Normal seria, se não houvesse concentração de recursos emprestados a um grupo empresarial e também é anormal a relação endividamento/ patrimônio líquido. Experimenta, você pequeno empresário pedir emprestado não o R$ 4,8 bilhões, mas apenas R$ 4,8 milhões.  Com certeza, encontrará muita dificuldade, se conseguir.

Ao que parece, o JBS/Friboi dá a última cartada para tentar recuperar a credibilidade.  Vão lançar o Júnior, o irmão mais velho dos Batistas ao governo de Goiás, bem como, obviamente financiar a campanha da Dilma Rousseff para presidência da República.  Para alcançar o objetivo, vão contar com a credibilidade do Roberto Carlos para vender coxão mole como picanha.  Além de contar com o concurso dos atores globais Fátima Bernardes, Tony Ramos e Ana Maria Braga para ajudar eleger Dilma Rousseff.

A coisa deve estar mesmo como na hora da morte para o grupo JBS/Friboi.  Ter que vender os seus produtos contando com os prestígios do cantor como Roberto Carlos, além dos atores globais nominados, é porque tenta esconder o maior escândalo de lavagem de dinheiro da América Latina, segundo Tuma Júnior.  Com certeza os artistas nominados, moralmente, terão que alavancar a candidatura do Júnior para governo de Goiás e ajudar na reeleição da Dilma.

Está na hora do povo acordar com o Friboi!

Ossami Sakamori

Finalizando

“Peculato: o modo de se dizer ao povo que roubaram seu dinheiro sem que ele tenha idéia do que lhe foi dito”.

Pedro Nercessian 

—————————————————————

Chega de Mentiras, de Corruptos e Corruptores

Se liga São Paulo

Acorda Brasil

SP-27/06/2014

*Não serão liberados comentários na Coluna do Fiori devido a ataques gratuitos e pessoais de gente que se sente incomodada com as verdades colocadas pelo colunista, e sequer possuem coragem de se identificar, embora saibamos bem a quais grupos representam.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.