Os vexames e os riscos que envolvem as arquibancadas provisórias do “Fielzão”

arquibancada fielzão

A primeira partida da Copa do Mundo no Brasil será disputada num estádio inacabado, em que torcedores ocuparão arquibancadas provisórias nunca testadas.

O risco é evidente.

Pior ainda é saber que os locais deveriam – e poderiam – ser testados no próximo final de semana, mas não serão porque os organizadores da Copa do Mundo temem que a má-educação dos torcedores locais – principalmente a ação sempre criminosa dos Gaviões da Fiel, possam antecipar a tragédia.

Beira o surreal.

Por que a diretoria do Corinthians e a FIFA não fazem o óbvio, ou seja, ao menos para essa partida teste – deveria ser assim, em todas – vender ingressos numerados, e salteados, para torcedores comuns, eliminando os favorecimentos a bandidagem ?

O que temem os dirigentes do Corinthians, já que a FIFA nem deve estar ai com essa gente ?

É inadmissível que pessoas de bem, que gastaram os tubos para assistir a sempre histórica abertura de um Mundial, sejam submetidas a tamanho risco.

Que o estádio não estaria pronto para a Copa do Mundo, os leitores deste blog estão avisados, desde o início das obras, mas nem o mais pessimista dos analistas seria capaz de prever tamanha irresponsabilidade.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.