Advertisements

Arnaldo Tirone prometeu “dar” R$ 450 mil anuais, em jogadores, a dirigente que avalizou empréstimo de R$ 21 milhões ao Palmeiras

patetas palmeirastrês patetas

Em vídeo, o “benfeitor” Antenor Angeloni, dirigente do Criciúma, que diz ter aceitado ser avalista de empréstimo de R$ 21 milhões para o Palmeiras, utilizados para contratar o jogador Wesley, com o único objetivo de estreitar relações com o clube, fez outras revelações, entre ofensas ao atual gestor, Paulo Nobre, que demonstram a absoluta incapacidade do antecessor, Arnaldo Tirone, e também de seus dirigentes mais próximos.

“Eles me prometeram “dar”, todo ano, três jogadores de R$ 150 mil.”.

Ou seja, além de ter que quitar uma pendência até agora mal explicada, apesar de documentada, de R$ 21 milhões, acrescidos de juros, com o dirigente, o clube teria que ceder, gratuitamente,  segundo o credor, R$ 450 mil anuais em patrimônio, ou seja, jogadores de futebol.

O Conselho Deliberativo palestrino precisa assistir ao vídeo abaixo, e cobrar, posteriormente, as devidas explicações:

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: