Barcos, Tirone e R$ 155 mil em gols

patetas palmeiras

É quase unanimidade no Palmeiras tratar o ex-presidente Arnaldo Tirone com adjetivos que remetem a deficiência intelectual.

“Os três patetas”, por exemplo, homenageava, também, seus dois dirigentes mais próximos, Roberto Frizzo e Piraci Oliveira.

Porém, entre as trapalhadas do dirigente, uma delas, prejudicou, desnecessariamente, a equipe de futebol.

Tirone prometeu R$ 5 mil ao atacante Barcos, por cada gol marcado no clube.

A dívida total chega a R$ 155 mil, por 31 deles.

O ato de “inteligência” do dirigente, criou dois graves problemas.

Primeiro, o calote, que Barcos, insistentemente, cobrou.

Depois a evidente insatisfação doutros jogadores que, ao não receber a oferta, tinham seus gols depreciados pelo próprio comandante.

Gênios, não ?

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.