Advertisements
Anúncios

Corinthians de Mano Menezes perde para a Ponte Preta

Sem criatividade, mantendo o padrão das equipes treinadas por Mano Menezes, o Corinthians conseguiu perder para a péssima equipe da Ponte Preta, por dois a um, piorando ainda mais a crise instaurada no Parque São Jorge.

Logo de cara, aos 3 minutos, nas costas do lateral Fagner, agenciado pelo empresário do treinador, a Macaca escapou pela esquerda e a bola foi cruzada para Alemão, sozinho, abrir o marcador.

Em seu único lance perigoso de ataque, o Corinthians empatou, aos 33 minutos, em cabeçada de Uendel após levantamento de bola de Guilherme.

Porém logo aos 3 minutos, desta vez da etapa final, aproveitando-se do “queijo suiço” em que se transformou a defesa corinthiana nos últimos jogos, Ferrugem driblou com facilidade a Gil – cada vez pior – e desempatou, na saída de Walter.

Houve tempo ainda para Pato entrar no time – e ninguém notar -, além das expulsões de Gil, por agredir Rossi, no chão, e Paulo André, no minuto final.

Um desastre, de um time com comandantes fracos em todos os setores, desde a sala da presidência, passando pela diretoria de futebol, culminando na “lojinha” do banco de reservas.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: