Advertisements
Anúncios

Corinthians de Mano Menezes perde para a Ponte Preta

Sem criatividade, mantendo o padrão das equipes treinadas por Mano Menezes, o Corinthians conseguiu perder para a péssima equipe da Ponte Preta, por dois a um, piorando ainda mais a crise instaurada no Parque São Jorge.

Logo de cara, aos 3 minutos, nas costas do lateral Fagner, agenciado pelo empresário do treinador, a Macaca escapou pela esquerda e a bola foi cruzada para Alemão, sozinho, abrir o marcador.

Em seu único lance perigoso de ataque, o Corinthians empatou, aos 33 minutos, em cabeçada de Uendel após levantamento de bola de Guilherme.

Porém logo aos 3 minutos, desta vez da etapa final, aproveitando-se do “queijo suiço” em que se transformou a defesa corinthiana nos últimos jogos, Ferrugem driblou com facilidade a Gil – cada vez pior – e desempatou, na saída de Walter.

Houve tempo ainda para Pato entrar no time – e ninguém notar -, além das expulsões de Gil, por agredir Rossi, no chão, e Paulo André, no minuto final.

Um desastre, de um time com comandantes fracos em todos os setores, desde a sala da presidência, passando pela diretoria de futebol, culminando na “lojinha” do banco de reservas.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: