Advertisements
Anúncios

Se CVM aprovar, CAIXA pode ser proprietária do “Fielzão”

gobbi

Em recente reunião, as empresas que administram a construção do “Fielzão” – Corinthians, incluso – decidiram, como último e desesperado recurso para obter o dinheiro do BNDES, ceder como garantia à CAIXA – intermediador – as cotas que cada qual possuem no FUNDO II, responsável por gerir os recursos do empreendimento.

Em tese, se o Corinthians não pagar o que deve, o “Fielzão” passa a ser controlado pela CAIXA.

Porém, os bancos, CAIXA e BNDES,  somente aceitarão a oferta – razão de ainda existir a demora do repasse – se houver aceitação da operação pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Na Ata da mesma reunião, que decidiu pela inclusão das referidas cotas no negócio, o item a seguir foi incluído e destacado:

“O administrador informou que, diante de ausência de manifestação da CVM sobre o assunto, submeterá uma consulta à CVM sobre a operação ora deliberada, bem como incluirá no Contrato de Garantia cláusula com condição resolutiva, que preverá a CESSAÇÃO IMEDIATA dos efeitos da garantia caso a CVM apresente manifestação desfavorável ao FUNDO.”

A última auditoria, acompanhada pelo Corinthians, foi feita há seis meses, e assinaram pelo clube, Mario Gobbi Filho, presidente do clube, e Raul Corrêa da Silva, Diretor Financeiro.

gobbi raul

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: