Advertisements
Anúncios

Justiça anula decisão anterior e doação irregular de terreno do Morumbi irá a julgamento

MMT tem quinze dias para pagar dívida ao São Paulo

Anos atrás, a SAVIAH, associação de moradores da região do Morumbi, juntou documentos que comprovavam irregularidades na doação do terreno da imobiliária Aricanduva, intermediada pelo Governo, para o São Paulo, em que hoje está localizado o estádio do Morumbi.

Comprovou-se que a área em questão era pública e que o Tricolor não cumpriu as promessas do acordo, entre elas construir estacionamento, parques para crianças e locais de lazer para benefício da população.

Passados 60 anos, os moradores ingressaram com Ação Judicial que exige anulação da doação, reintegração de posse da área pelo Município, além de indenização pelo Tricolor, e cobrança de décadas de aluguéis atrasados, que seriam revertidos aos cofres públicos.

Em primeira instância, a Justiça deu ganho de causa ao Tricolor, dizendo que a doação estava prescrita.

Porém não foi esse o entendimento do juíz Sidney dos Reis, que não só reabriu o caso, como desqualificou todos os argumentos da decisão anterior.

Ou seja, a doação, tudo indica, irregular do terreno, será avaliada no mérito.

O São Paulo, em sua defesa, diz que, com o estádio construído, fica inviável a devolução do terreno, e que, em caso de derrota na ação, oferecerá contrapartidas ao Município.

A SAVIAH e o MP-SP exigem que o clube, se assim for decidido, compre para a Cidade um terreno no mesmo valor da avaliação atual do que foi doado, sem abrir mão, porém, das décadas de aluguel.

Dívida esta que, certamente, se tornaria inviável para o Tricolor.

Além disso, é certo que, como reflexo primordial dessa reviravolta jurídica, dificilmente o clube conseguirá convencer alguma parceiro a investir no projeto de reforma – entre eles o de cobertura do estádio – enquanto durar a contenda judicial, ocasionando sérios transtornos políticos e comerciais ao São Paulo.

CONFIRA, NO LINK ABAIXO, A ÍNTEGRA DA SENTENÇA

Doação-Saviah-TJ_manda_anular_1ª_sentença0001 (1)

SELECIONAMOS OS TRECHOS QUE CONSIDERAMOS MAIS RELEVANTES DA DECISÃO JUDICIAL

” A autora (SAVIAH), ora apelante, ajuizou Ação Civil Pública em face de São Paulo Futebol Clube e da Prefeitura Municipal de São Paulo visando anulação da escritura de doação do terreno onde foi construído o Estadio do Morumbi com a consequente condenação da Municipalidade em erigir no local das obras destinadas ao uso comum do povo. Isso porque foi doado ao Clube bem públiuco, vício esse insanável.”

“(…) retsa claro que ambas as ações versam sobre temas correlatos, uma vez discutirem questões referentes ao contrato de doação realizado entre Imobiliária Aricanduva e o São paulo Futebol Clube, com a participação do Município.”

“Ainda, o pedido da ora apelante (SAVIAH) se deu com base nos atributos do terreno que foi doado ao São Paulo Futebol Clube, uma vez se tratar de bem público. Assim, a doadora Imobiliária Aricanduva agiu equivocadamente ao ter alienado gratuiatmente a referida área, pois não poderia ter realizado ato de disposição de bem público.”

“Isso porque, desde a aprovação de seu loteamento, teria passado ao domínio do Município a referida porção de terra, que se tornou indisponível.”

“Em razão da natureza do bem doado, também não há que se falar em prescrição.”

“Ante o exposto, pelo meu voto, dou provimento ao apelo.”

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

59 comentários sobre “Justiça anula decisão anterior e doação irregular de terreno do Morumbi irá a julgamento

  1. Fiquem tranquilo, em 2026 o estádio do parmeirinha estará pronto, tenho certeza que seu coco-irmão irá novamente ajudar vocês, alugando por um precinho camarada seu estádio.

  2. As Gaivotas ainda insistem nessa história

    Mais um pra tomar um tapa na cara do JJ

  3. Mas como o sao paulo é forte juridicamente, periga a Portuguesa perder mais uma no tapetao, e o sao paulo voltar pro Canindé.

  4. Toma Bambizada kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk acabou o sonho, sem time, sem estádio, sem macho.
    A casa tá caindo LITERALMENTE!!!!!!!

  5. Tudo bem, não vai dar em nada, é verdade, mas que o terreno foi DOADO, isso é fato. Quero ver a bicharada negar agora!

  6. Como um juiz dá ganho de causa na primeira instância, e na segunda um outro juiz reverte tudo??? Quer dizer que o primeiro juiz errou na sentença??? Justiça Brasileira, uma piada!!!

    De qualquer forma, “Bambinetes, páguem o aluguel!!”

  7. Hummmmmmmmmmmm o carlos sp agora fica louca!!!!!!!!!!!!!

    Ah, agora pelo lado das meninas o “juiz tá querendo aparecer”. Quando se refere ao Todo Poderoso o juiz é um ser exemplar! Hipócrita.

  8. Essa “estória” novamente?? Feliz Natal a todos!!

    Vamo São Paulo! \o/ \o/
    Gui

    https://www.facebook.com/BambiTricolor

    2480+ assinantes

    PAIXÃO pelo futebol, amor ao clube e até rivalidade entre adversários não tem nada a ver com homofobia. Se, até agora, Bambi foi um apelido usado para discriminar, por que não adotá-lo com orgulho e desarmar o preconceito? Pelo SPFC livre.

    PÁGINA feita por são-paulinos muito orgulhosos de seu clube, de sua história e dispostos a desarmar o preconceito. É uma honra ser a torcida Bambi! Vamo São Paulo! Viva a diversidade!

    TWITTER: @Bambi_Tricolor
    CONTATO: torcidabambi@gmail.com

  9. Vejam como é engraçado quando a corda esta em seu pescoço:

    “Isso não é nada, juiz querendo aparecer”

    “isso é culpa do Corinthians” “isso é culpa do Palmeiras”

    “Isso não vai dar em nada, já prescreveu esse caso”

    “Ladrão que rouba ladrão, “ganha” terreno da população”

    “Lá não tinha nada, era só mato que servia de pasto para veados” Dai o apelido “bambi!!

  10. Ou seja… Corinthians consegue tudo e vem corintianos da Saviah e do MMT querer destruir o SPFC por puro clubismo.

    Aí surgem vereadores corintianos entre outros a ajudar.

    E quanto aos que falam besteira… vamos olhar as doações de vcs?

  11. Estádio particular construído com dinheiro público em terreno público. É o clube mais sujo do Brasil. Sempre viveu e ganhou títulos graças a manobras nos bastidores. Vergonhoso.

  12. Então a Imob. Aricanduva doou o que não era dela? Que imbecilidade !! E o desenvolvimento induzido pela construção do estádio da mesma forma que se referem ao itaquerão?

  13. Não existia ninguém ali, nenhum morador. O Morumbi cresceu e valorizou a região. Então vieram construtoras, levantaram casas, edifícios, etc.

    Aí um dia surge um grupo, DE MANEIRA OBSCURA numa época em que o Corinthians está sendo ajudado (não mais apenas dentro de campo mas também nos bastidores) e começam a tentar detonar o São Paulo, dono de um patrimônio invejável bem na mesma época em que falava que o time da marginal não tinha nada: Campo, CT, patrimônio algum.. Além dele, o próprio Palmeiras, que assim como o SPFC já está perdendo o CT da Barra Funda.

    Prova-se que é arquitetado, clubismo puro seja de moradores, torcedores, orquestrado pelo próprio Clube da marginal que já esteve envolvido e tanta coisa… melhor esta parte deixar pra lá.

    Até a coluna achei um pouco clubista hoje, mas ainda continuo acreditando que não é e foi puro achismo de minha parte. E a SAVIAH e MMT, vocês podem conseguir, mas o clube de vocês vai continuar sendo aquele clube que só consegue as coisas de forma arranjada. Vocês parecem aquele amiguinho invejoso que não gosta quando alguém consegue algo e vão fazer de tudo para ter igual ou tirar do amiguinho a sua conquista.

  14. Passados 60 anos, vizinhos querem despejar o primeiro morador e criador do bairro, eita Brasil tanta coisa pra fazer, até parece que não temos problemas para ficar cassando mais, fazer o que, Congonhas, Autódromo de Interlagos e agora o Morumbi, sofrem do mesmo problema, atrapalham a tranquilidade dos moradores do entorno. Até parecesse que existia moradores quando das construções.

  15. SPFW: O CLUBE MAIS SUJO DO BRASIL. AQUI ESTÃO APENAS ALGUMAS DAS SUJEIRAS. VOCÊ SABIA QUE…
    1 – Em 1994, o SPFW esburacou o campo do Morumbi para evitar que Corinthians X Palmeiras fizessem o jogo final do Paulistão daquele ano.
    2 – Em 1971, o juiz Armando Marques anulou um gol de cabeça legítimo de Leivinha (Palmeiras), alegando que havia sido com a mão. O SPFW acabou vencendo o jogo por 1 a 0.
    3 – Em 1977, com uma campanha infinitamente inferior à do Atlético-MG, o SPFW sagrou-se campeão brasileiro na decisão por pênaltis, após empate em 0 a 0, numa final em que o volante Chicão pisou no atleticano Ângelo e sequer foi advertido?
    4 – Na semifinal do Brasileirão de 1981, o Botafogo vencia o SPFW por 2 a 0 em pleno Morumbi. No intervalo, seguranças do SPFW cercaram em tom de ameaça o árbitro Bráulio Zannoto. “Supreendentemente”, no segundo tempo, o SPFW virou a partida para 3 a 2.
    5 – Para vencer a Copa Jipe de 1992, o SPFW venceu o “fortíssimo” Newell’s Old Boys no Morumbi por 1 a 0, graças a um pênalti inexistente marcado sobre o “cracaço” Macedo.
    6 – Para vencer a Copa Jipe de 2005, o SPFW não teve que jogar uma das partidas finais no campo do adversário. Jogou a primeira partida em campo neutro, auxiliado por deci$ão da “honestíssima” Conmebol, e a segundo no Panetone.
    7 – Após vencer a Copa Jipe de 2005, torcedores do SPFW destruíram completamente a avenida Paulista, na maior demonstração de selvageria já vista pelo futebol brasileiro.
    8 – Para se sagrar campeão mundial pela primeira vez, o SPFW contou com o juiz, que anulou três gols legítimos do Liverpool, que dominou completamente a partida.
    9 – O SPFW é o maior freguês do Corinthians. No confronto direto são 118 vitórias do Corinthians contra 100 do SPFW.
    10 – A maior goleada do confronto é Corinthians 5 x 0 São Paulo, em 1996, pelo Campeonato Paulista, e em 2011, pelo Campeonato Brasileiro.
    11 – Em mata-matas, o Corinthians levou a melhor sobre o SPFW em 13 oportunidades, contra apenas 6 do clube cor-de-rosa. Vitórias do Corinthians:
    Paulista 1938 (jogo decisivo), Paulista 1982 (final), Paulista 1983 (final), Brasileiro 1990 (final), Paulista 1997 (final), Paulista 1999 (semifinal), Brasileiro 1999 (semifinal), Rio São Paulo 2002 (final), Copa do Brasil 2002 (semifinal), Paulista 2003 (final), Paulista 2009 (semifinal), Paulista 2013 (semifinal), Recopa (2013).
    12 – No Brasileiro de 1986, na final entre Guarani x SPFW, o juiz deixou de marcar um pênalti claríssimo, já na prorrogação, do zagueiro troglodita purpurinado Wagner sobre o ponta-esquerda João Paulo, do Bugre.
    13 – Para vencer o campeonato brasileiro de 2007, o SPFW foi beneficiado pela arbitragem em diversos jogos. Em 2008, o roubo ficou escancarado pelos ingressos do show da Madonna oferecidos pelo SPFW ao árbitro Wagner Tardelli. O juiz foi afastado da partida final, mas não adiantou. O SPFW venceu o Goiás (que perdeu seu mando de campo justamente nessa partida) por 1 a 0, com gol nitidamente impedido. O Brasileirão daquele ano ficou conhecido como Madonnão 2008.
    14 – Em 1990, o SPFW foi rebaixado no campeonato paulista. Era para disputar a segunda divisão em 1991, mas a Federação Paulista deu um jeitinho. O SPFW jogou no grupo mais fraco, cujo líder chegaria à semifinal. E o SPFW ainda foi beneficiado por levar a vantagem do empate por ter feito melhor campanha, mas tendo jogado contra times bem mais fracos, da série B.
    15 – Em 1998, o SPFW pediu dinheiro à Federação Paulista de Futebol (FPF) para instalação de amortecedores na estrutura das arquibancadas, com o pretexto que cederia o estádio para os grandes clubes, com custos subsidiados em troca da ajuda financeira. A FPF pagou os amortecedores, mas a contrapartida nunca existiu.
    16 – Em 1999, na semifinal do Brasileirão daquele ano, o Corinthians venceu a primeira partida contra o SPFW por 3 a 2. O destaque foi Dida, que defendeu dois pênaltis de Raí no mesmo jogo – um deles inexistente. Não contente ao perder a segunda penalidade, aos 45 do segundo tempo, Raí pisou criminosamente em Dida, fingindo ter disputado a bola. O goleiro, com um grande corte na perna, teve de ser substituído. O “craque” Raí, considerado santo pela imprensa e desejado sexualmente pelos bambis, não foi sequer advertido.
    17 – Em 1995, torcedores de SPFW e Palmeiras protagonizaram a maior guerra já vista dentro de um estádio de futebol, durante a final da Supercopa de Juniores. Os bambis, inconformados com a derrota de seu time, partiram para cima dos poucos palmeirenses que comemoravam o título. O estádio, em reforma, forneceu a munição para a guerra. Paus e pedras serviram de arma para ambos os “exércitos” de vândalos. O são-paulino Márcio Gasparin morreu no confronto.
    18 – Em 2003, o SPFW ganhava do Santo André por 2 a 0, em pleno Panetone, mas deixou a equipe do ABC empatar apenas para eliminar o Santos do Paulistão daquele ano.
    19 – Outra entregada aconteceu em 2010, quando o SPFW, jogando em casa, perdeu de 4 a 1 para o Fluminense para evitar que o Corinthians se sagrasse campeão brasileiro daquele ano. A torcida bambi, sem amor ao próprio clube, vestiu-se com as cores do Flu e gritou o nome do clube carioca durante toda a partida.
    20 – O São Paulo foi fundado em 1930 lá na beira da Marginal do Tietê.
    21 – Por má administração o clube faliu em 1934.
    22 – Tentaram recriar o clube, mas faliram novamente.
    23 – Que as dividas contraídas nunca foram pagas pelo São Paulo, mas pelo clube vizinho, o C.R.Tietê que aceitou incorporar o terreno, ficar com as taças e pagar todas as dívidas.
    24 – Que finalmente o clube foi fundado em 1935 sem qualquer patrimônio.
    25 – Que só sobreviveram nesta terceira fundação porque se fundiram com o C.A. Estudantes da Mooca, passando a mandar seus jogos naquele bairro.
    26 – Que o São Paulo foi salvo de nova falência por um jogo beneficente entre Palestra e Corinthians, o famoso jogo da barrica, assim chamado pois colocaram uma barrica na entrada para o povo jogar dinheiro e ajudar o São Paulo a pagar suas dívidas.
    27 – Que neste Jogo das barricas Porfírio da Paz andou no meio das torcidas adversárias com a bandeira do arco-íris, esticada, para o pessoal atirar algumas esmolas na bandeira.
    28 – Que em 1942, com apenas 7 anos de vida e sem patrimônio, foram salvos pela II Guerra Mundial.
    29 – Que tentaram a todo custo se apropriar do Palestra Itália já que o Brasil havia declarado Guerra ao Eixo.
    30 – Que não conseguindo tomar o Palestra, conseguiram ao menos tomar de graça um clube alemão (Germânia), na região da Marginal Tietê. No Canindé.
    31 – Que neste mesmo ano, 1942, o São Paulo fugiu do gramado para não ser goleado pelo Palmeiras, na final do Paulistão.
    32 – Que 10 anos depois venderam para a Portuguesa o terreno que havia sido tomado de graça..
    33 – Que com o dinheiro compraram um terreno no Jardim Leonor [de Barros], urbanizada com maracutaia do então Prefeito Adhemar de Barros.
    34 – Que nos anos da ditadura sem explicar a origem do dinheiro, sem um clube de associados, sem rendas (pois jogava em estádios vazios pela péssima campanha), construíram o maior estádio particular do mundo.
    35 – Que o terreno do Morumbi foi doado por um corinthiano.
    36 – Que enquanto construía seu estádio, o São Paulo mandava seus jogos no Palestra Itália sem pagar aluguel. (por caridade)
    37 – Que Laudo Natel dirigente do São Paulo era secretário e depois governador do Estado na época da construção do estádio.
    38 – Que para inaugurar seu estádio (parcialmente acabado) precisou de 2 jogadores do Palmeiras (Julinho e Djalma Santos) para reforçar seu time, que era medíocre demais, e arriscava apanhar no jogo de inauguração.
    39 – Que tinham como dirigente do clube o governador biônico Laudo Natel, não-eleito, imposto pela Ditadura, que chegava a sentar no banco de reservas nas partidas para pressionar a arbitragem para tirar o time da fila.
    40 – A goleira Rogéria Ceni, que teve uma suposta proposta do Arsenal, fez seu gol 98 mas comemorou como se fosse 100 apenas porque o jogo era contra o Corinthians, maior rival do SPFW. E o gol surgiu de falta inexistente. Para vencer o Corinthians depois de quatro anos sem vitórias sobre o maior rival, o SPFW teve que contar com uma ajudinha da arbitragem, que expulsou dois jogadores alvinegros.

  16. será q o tal do SAVIAH vai gostar se o SP denunciar tds as irregularidades de um certo terreno doado pela prefeitura num certo lugar em Itaquera?

  17. Cade a turma do carnezinho e do cimentinho ????
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    SPFW nasceu pra ser motivo de chacota dos adversarios !!!

    Vida longa a bixarada !!!!

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  18. coisas da justiça brasileira, um juiz decide uma coisa, outro juiz decide outra, decisões quase nunca baseadas na lei…….tudo bem, o são paulo paga pelo terreno o valor de mercado, além de aluguéis, e em contrapartida cobra pela valorização da área, pois quem construiu o estádio há 60 anos em um lugar que não tinha nada foi o são paulo, e não a prefeitura…….os governos fazem doações de terreno, apoios fiscais e isenções de impostos para que entidades ou empresas se instalem em determinadas áreas trazendo desenvolvimento, empregos, receitas…

  19. Com certeza, isso tudo eh para beneficiar o curinguinha, a justica eh cega e falha. Curinguinha com seu puxadinho la no cafundo de Judas construido na marra com a anuencia da justica a mando do 9 dedos safado.

  20. Mais uma batalha p/ o SPFC tentar ganhar…
    Enquanto isso em itaquera a falcatrua rola solta…
    Juiz nenhum questiona…
    ONG nenhuma se coloca contraria…
    Dinheiro publico jorra…
    Pessoas morrem na obra e não ocorre interdição…
    Ter o governo PTralha a favor de si é o melhor caminho…

  21. a doadora Imobiliária Aricanduva agiu equivocadamente ao ter alienado gratuiatmente a referida área, pois não poderia ter realizado ato de disposição de bem público.” – se foi a imobiliária que alienou, o responsável foi a própria, o SPFC não usurpou nada do município. Isso tudo é armação por causa do enorme volume de dinheiro envolvido na zona leste…

  22. O desespero dos torcedores rivais é deprimente.

    Derrubem o Morumbi e façam um estacionamento como é o sonho do SAVIATH/Aurélio Miguel/Construtora da propina mas lembrem de cobrar pelo terreno também do Cemitério e do Palácio do Governo.

    Fizeram essa ação pra não dar em nada, alguém acredita que vão tirar o Morumbi de lá?

    Ao contrário dos rivais, o Morumbi é formado em seu conselho, por juristas, advogados renomados, desembargadores e até de políticos que vão conseguir montar uma defesa que derrube qualquer juizinho picareta que quer causar a troco de propina.

    Fiquem calmos rivais, a Lei está do nosso lado daqui a pouco como o líder laranja da Saviath, vai aparecer no Fantástico fugindo das câmeras e das perguntas.

  23. PARTE do terreno foi doada. Se não me engano,uma parte do clube social.
    Eu,se presidente do SPFC fosse,não gastaria um centavo com defesa em tribunais. Deixaria julgarem a revelia. Só pra ver onde eles querem chegar.
    Por já estar um pouco “anestesiado”,pode ser que lá pelo dia 2 de janeiro de 2014 eu tenha outra visão dos fatos.
    Por enquanto,Feliz Natal a todos.

  24. Claro que nada irá acontecer, pois isto todos sabemos faz mais de 60 anos.

    Não vão tirar o LIXÃO de lá, mas o próprio “proprietário” do trambolhão deveria tomar a iniciativa de derrubar aquela coisa ridícula e construir em outro local um estádio MODERNO. Não faltará interessado em fazer a troca.

    Tem um coitado acima que mantém a eterna imbecilidade de tempos atrás, como se apenas nesta merda de clube é que existem juristas, pessoas renomadas, etc., como tem uns idiotas que não acordaram para a realidade em pleno século XXI, que coisa infantil e besta!!!

    Vão ter que demolir para o bem da arquitetura e da modernidade.

    Mas, que ganahram terreno e o TRAMBOLHÃO inteiro de governos diversos, isto não tem como negar.

    Só “patetinhas” e tolinhos para acreditar que apenas “carnesinhos” e “cimentinho” ou em doações “espontâneas ergueram o TRAMBOLHÃO, são risíveis.

  25. Primeiro que, se uma sentença já foi dada em 1ª instância da justiça comum, ela só poderá ser “revista” por um desembargador. Não existe a possibilidade de UM JUIZ ANULAR A SENTENÇA DE OUTRO JUIZ. Ou seja, o mérito será julgado em 2ª instância.
    Se bem que eu acho que a fonte dessa denúncia parte de dentro do SPFC. Com certeza é alguém que tenha interesse político junto ao clube. Ou estão querendo enfraquecer a a turma do JUJU.

  26. Uma parte do terreno foi comprado e outra parte doado pela imobiliaria Aricanduva para que com o estadio, o lugar fosse valorizado e o que era um brejo virou um dois bairros mais nobres de SP.

    Isso ai é aquela associação de moradores fazendo graça e não vai dar em nada…

    AGORA O GALINHEIRO DE DE ITAQUERA… ISSO VAI DAR TRABALHO PARA O SMALL CLUB HAHAHAHAHAHA

    E SE O TAL DO NEGÃO VIRAR PRESIDENTE… AI SIM AUHAUHUAHEA

    ISSO É UM FUTURO BRILHANTE PARA AS GALINHAS AUHEUAHEUAHEUA

  27. Não há mínima possibilidade de devolução disso ou daquilo! O que pode existir em caso de condenação, é atualizar as contrapartidas que o clube deixou de fazer no passado.

  28. Primeiro tentaram paralisar a obra do Allianz Parque várias vezes , agora o Morumbi que , mesmo tendo enormes chances de ter tido uma ajuda da ditadura , está sofrendo com essa ” justiça ” petista

  29. E quem quiser conhecer a real história do SPFC, com assinatura do renomado jornalista Orlando Duarte, basta que leiam o livro “São Paulo, o Super Campeão”. Título sugestivo, e mais apropriado, impossível. Abraço.

  30. O CORINTHIANS FOI CONDENADO POR USAR O TERRENO DE ITAQUERA, SEM FINS LUCRATIVOS, POR SETE ANOS E O VALOR ESTIPULADO COMO ALUGUEL FOI DE 16 MILHÕES.
    COMO PARA O MESMO PESO TEMOS QUE TER A MESMA MEDIDA IMAGINO O TAMANHO DO ALUGUEL DURANTE ESSES ANOS TODOS QUE O SPFC TERÁ QUE PAGAR.
    A BATATA ASSOU.
    DEPOIS QUE COMEÇARAM A FALAR EM LAVANDERIA NA COBERTURA, O PROJETO FOI ADIADO COM ESSA CONVERSINHA MOLE DE OPOSIÇÃO MELAR REUNIÃO DO CONSELHO DO JUVENAL, O TODO PODEROSO. BOBAGEM.

  31. O texto diz que a intermediação da doação do terreno, teve participação do governo ?
    EU JÁ ENTENDI A LIGAÇÃO DAQUELE GOVERNO COM O SPFC E VOCÊ, AINDA DÚVIDA ?

  32. Para quem não sabe o morumbi foi construido por ANTONIO NUNES LEME GALVÃO, o maior empreiteiro de obras públicas do estado de são paulo naquele período.
    ENTENDERAM ?

  33. FIELZÃO 2013,
    qualquer pessoa em campinas sabe que o ex-arbitro da varzea brandão fez a segurança no jogo spfc e botafogo, junto com maurinho e pezão.
    Contratados pelo spfc para intimidar o arbitro caso fosse necessário e por serem desconhecidos em são paulo os três foram recrutados.
    No intervalo do jogo como o placar marcava 2×0 para o botafogo, brandão esperou o arbitro braulio zanotto nos corredores, com policiais presentes, e ao peitá-lo, e segurando o mesmo pela gola da camisa, foi cercado pelos bandeiras que tentavam separá-los.
    Nesse momento, PEZÃO EMPURROU OS BANDEIRINHAS E MAURINHO LEVANTOU O ARBITRO PEGANDO EM SEU SACO POR TRÁS, TORCENDO E LEVANTANDO O MESMO DO CHÃO, QUE GRITAVA DE DOR.
    Os policiais presentes assistiram a tudo e fizeram que nada estava acontecendo afastando alguns populares e jornalistas que surgiram do nada.
    Isso foi contado por BRANDÃO no postinho do zé carlos no cambuí, com nicanor de carvalho presente, depois de várias cervejas e tambem não tenho certeza na presença de AMARAL, o zagueiro da seleção brasileira.
    O jornalista flavio prado que morava em campinas nessa epoca tambem sabe do fato narrado e conheceu as pessoas citadas.

  34. Devem indenizar o SÃO PAULO FC por toda transformação da região, vamos calcular em 60 bilhões de reais mais juros e correção monetária desde sua construção, aí nossos adversários piram KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  35. para reverter a situação e não perder o Morumbi o SPFC vai ter que contratar o advogado do fluminenC e ganhar o terreno no tapetão

  36. Fielzao, isso é historia de time de futebol ou a biografia do Al Capone?

    Bela historia tem o Sao Paulo heim…

  37. Vão Derrubar o Trambolhão do Natel, Vulgo, Panetone…..!!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Chupa, Filhotas da Ditadura!!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  38. FELÃO – CAMPINAS. Disse:
    dezembro 24, 2013 às 4:47 pm

    Seria uma boa medida, fazer esta cobrança de aluguel, mas no Brasil a tal prescrição protege estes tranqueiras.

    O Nunes Galvão da empreiteira (nos moldes das atuais, mas com a vantagem de estar com os milicos e com a proibição de publicações) Civilsan de Ribeirão Preto ou estou enganado com relação à cidade e ao nome da mesma?

    Além disso, ele foi presidente da CESP (governo do estado) e vice-presidente do BCN (comprado pelo Bradesco), tudo interligado, mas os tolinhos acreditam “carnesinhos”, doações espontâneas entre outras tolices. A história foi muito bem montada, mas só mesmo tolinhos para crer na fantasia do texto.

  39. *****A história foi muito bem montada, mas só mesmo tolinhos para crer na fantasia do texto.*****

    ME REFIRO À HISTÓRIA CRIADA EM QUE CONTAM COMO FOI – SUPOSTAMENTE – A CONSTRUÇÃO DO TRAMBOLHÃO.

    Coloco isto para que os tolinhos e desavisados entendam o que eu quis dizer.

  40. Para aqueles que “manjam” muito de história, nem pesquisar sabem, o tal jogo da semi-final, de 1981, entre SPFC x Bota/RJ, terminou 2 x 1 para o Bota no 1º tempo, e não 2 a 0 como muitos falam, parece que um vai colando do outro…..rdsssss

  41. A regra é clara, o regulamento da competição era do conhecimento de cada clube. A Portuguesa errou, fez pouco caso, não adianta agora a imprensa carniceira culpar o STJD, neste julgamento. A Lusa que fosse mais competente, acompanhasse o caso junto ao advogado sobre o julgamento. Dizem que teve um caso do Cruzeiro parecido, ai Pau no STJD, deveria punir o Cruzeiro, a regra deve ser cumprida doa a quem doer. Agora o Sr. Juca Kfouri não merece credibilidade nenhuma.

  42. Paulinho, o SPFC é tratado pelos politiqueiros como o Grêmio é aqui no Sul. Para os Clubes das máfias (SCCP e Inter) tudo é fácil, principalmente quando se trata de recursos públicos.
    A Lei Complementar Nº 511, de 21 de dezembro de 2004 autoriza o Município a re-ratificar as doações de áreas ao Sport Club Internacional, realizadas pela Lei nº 1.651, de 9 de outubro de 1956, com redação alterada pelas Leis nos 3.225, de 12 de dezembro de 1968, 3.921, de 21 de outubro de 1974, e 6.150, de 12 de julho de 1988.
    Para ser mais preciso informo:
    A FORMAÇÃO PATRIMONIAL DO INTERNACIONAL

    Em quase 60 anos o Internacional recebeu, graciosamente ou bem perto disso, posse ou propriedade de 30 ha lineares na cidade, completados pelo aterro efetuado pelo DNOS sobre essas áreas alagadas do município, doadas ou cedidas pela Prefeitura Municipal.

    Com efeito, a partir de uma operação de doação de 7 ha, decorrente da Lei Municipal 1.651, de 09/10/56 (Leonel Brizola), o Internacional viu, nesse tempo, acrescer a seu patrimônio mais três outras de mesma natureza jurídica, a saber:
    a) a primeira, aumentando a área originalmente doada ( 7,00 ha) para 13, 10 ha, num acréscimo de mais 6,10 ha, com fulcro na Lei 3225, de 12/12/1968 (Célio Marques Fernandes);
    b) A segunda, doando outra área (Parque Gigante), com uma superfície de 7,92 ha. com fulcro na Lei nº 3.921, de 21 de outubro de 1974, (Telmo Thompson Flores), totalizando ambas: 21,02 há
    c) A terceira, aumentando ambas essas duas áreas supra-mencionadas em mais 2,18 ha por retificação delas, passando a mencionada no item (a) a ter 15,04 ha e a mencionada no item (b) a ter 8,16 ha, totalizando as doações 23,20 ha, tudo com fulcro na Lei Complementar nº 511, de 21/12/2004 (João Verle)

    Além disso, o S.C. Internacional obteve por cessão de uso da Prefeitura Municipal uma outra área, lindeira àquela mencionada no item “a”, supra, no montante de 2,57 ha, via Decreto 14.659, de 27/09/2004 (João Verle), bem como a locação, ao valor de R $ 25.000,00 mensais e pelo prazo de vinte anos, renováveis ad nutum, por mais vinte, de uma área lateral ao complexo Beira-Rio, destinada a estacionamentos e pertencente ao município (localizada em pleno Parque Marinha do Brasil), na superfície de 4,32 ha.

    Verifica-se, assim, que o clube passou a dominar e usar uma área global de 30,10 ha naquele local privilegiado, situado a dez minutos, a pé, do Centro da cidade e às margens do Guaíba, na atualmente mais preciosa das localidades urbanas de Porto Alegre.

    Adicione-se a isso a contemplação com o suporte dos custos do aterro, todo ele correndo à conta do DNOS (federal), embora a Lei Municipal 1.651, a original, supra-citada, tivesse estabelecido que tais custos deveriam ser cobertos pelo donatário, o clube. Quer dizer: tais custos foram carreados à conta do erário público e resultaram também sem ônus algum para o esse.

    Dinheiro, como se vê, de todos, inclusive dos gremistas, numa empreitada de investimentos que nada tem a ver com os interesses dominiais tricolores.

    Há, nesse enredo, um fato singular: pela Lei Complementar nº 268, de 21/01/92 (Tarso Genro), ficou o executivo autorizado a permutar uma área de aproximadamente 5,00 ha, que possuía lindeira ao complexo de superfície do Beira-Rio (Escolas de Samba e adjacências), pelo imóvel do S. C. Internacional consistente do Estádio dos Eucaliptos, sito à Rua Silveiro, Menino Deus, e seu terreno.

    Não se tem notícias sobre o destino dessa lei (complementar) e seus efeitos, valendo dizer a efetivação por escritura do seu objeto, a permuta de imóveis, ou mesmo sua revogação. Inequívoco, no entanto, que se trata de um módulo superficial independente, a eventualmente adicionar-se ao todo já regularmente apropriado (30 ha) por aquele clube. Mais 5 ha, portanto, além dos trinta.

  43. Tem um idiota sao-paulino que disse que o Morumbi foi inaugurado em 1960. Acho que êle precisa pesquisar melhor, porque em 1968 somente tinha metade das arquibancadas prontas.
    Será que esse cara irá a Arena Corinthians quando o seu time lá jogar?

  44. Não digam mais Bairro do Morumbi mas sim Jardim Leonor que era esposa do corrupto e cassado governador Adhemar de Barros.

  45. O São Paulo está irregular somente com o terreno onde foi construído seu estádio, aliás o maior recreio do timão e onde foi construído o CT.
    Olha que estamos chegando lá. Já temos o CT maravilhoso onde tudo é moderno, em breve o nosso estádio e em 2015 o CT da base.
    Quem aguenta a revolta dos antis.
    Será que o DR. Marco Aurélio, que não sabemos ser torcedor do Santos, do São Paulo ou do Figueirense.
    Será que diz ser São Paulino para se tornar presidente?
    Parece que sendo assim será confiável?
    COMO VEREADOR SERÁ QUE SOLICITOU CÓPIA DO PASSAPORTE DO TIMÃO?

  46. O FIELZÃO DENUNCIOU ACIMA TANTA IRREGULARIDADE DOS BAMBIS QUE DÁ PENA.
    ESSE É O TIME EXEMPLAR? E O ASSÉDIO AOS GAROTOS DE OUTROS TIMES, NÃO DEVERÁ SER PUNIDO? PAREM COM ISSO, POIS É UMA VERGONHA.

  47. Não passam de uns babacas querendo aparecer as custas do SPFC. Terreno particular da Imobiliaria Aricanduva, empresa privada, cedido em troca do marketing do SPFC pelo local, que deu muito certo, afinal hoje lá é o nobre Morumbí. Alí não teve dinheiro publico, não teve terreno público e nem emprestimo susidiado. Aqui é SPFC!

  48. Querem procurar irregularidades, é fácil, não é lá no Morumbí, onde tudo é lícito, irregularidades é mais a leste, precisamente Itaquera, terreno que deveria ter sido devolvido por quebra de contrato, foi novamente cedido irregularmente pela PMSP que foi denunciada pelo Ministériro publico pela irregularidade, Lei votada da PMSP, irregular, cedendo recursos publicos a uma empreiteira sem licitação, denunciado pelo Ministério Público, dutos removidos sem pagamento por esse clubeco onde tudo é irregular, fruto da tramoia RT, Lula e outros.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: