Advertisements
Anúncios

Prefeitura nega revalidação do alvará de funcionamento a prédio que o Corinthians deu como garantia ao empréstimo do BNDES

predio corinthians

Recentemente, publicou-se que o acordo de intermediação entre o Corinthians, a ODEBRECHT e a CAIXA, com objetivo de garantir empréstimo de R$ 420 milhões do BNDES ao “Fielzão” foi, enfim, sacramentado.

Para que isso pudesse ocorrer, o clube precisou dar algumas garantias, entre elas, aliás, a principal, foi a escritura do prédio construído por Alberto Dualib, utilizado para administração e também reuniões no Parques São Jorge.

Porém, na última semana, a Secretaria Municipal de Licenciamento da Prefeitura de São Paulo, segundo Edital de despacho da Divisão Técnica de Edificação, indeferiu a revalidação do alvará de funcionamento do referido imóvel.

Ou seja, a garantia aceita pela CAIXA pra intermediar o dinheiro a ser despejado nos cofres da Odebrecht sequer pode ser utilizada, oficialmente, pelo clube.

Evidentemente, a decisão ainda é passível de recurso, em que adequações podem ser feitas no prédio – que foi utilizado, tudo indica, de maneira arriscada, para reuniões de conselheiros, na última semana – mas o fato,em si, não só evidencia o descaso da atual gestão com o patrimônio alvinegro, como deixa o BNDES em situação constrangedora se o dinheiro for liberado tendo como garantia um imóvel em situação irregular.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: