Advertisements
Anúncios

Prefeitura nega revalidação do alvará de funcionamento a prédio que o Corinthians deu como garantia ao empréstimo do BNDES

predio corinthians

Recentemente, publicou-se que o acordo de intermediação entre o Corinthians, a ODEBRECHT e a CAIXA, com objetivo de garantir empréstimo de R$ 420 milhões do BNDES ao “Fielzão” foi, enfim, sacramentado.

Para que isso pudesse ocorrer, o clube precisou dar algumas garantias, entre elas, aliás, a principal, foi a escritura do prédio construído por Alberto Dualib, utilizado para administração e também reuniões no Parques São Jorge.

Porém, na última semana, a Secretaria Municipal de Licenciamento da Prefeitura de São Paulo, segundo Edital de despacho da Divisão Técnica de Edificação, indeferiu a revalidação do alvará de funcionamento do referido imóvel.

Ou seja, a garantia aceita pela CAIXA pra intermediar o dinheiro a ser despejado nos cofres da Odebrecht sequer pode ser utilizada, oficialmente, pelo clube.

Evidentemente, a decisão ainda é passível de recurso, em que adequações podem ser feitas no prédio – que foi utilizado, tudo indica, de maneira arriscada, para reuniões de conselheiros, na última semana – mas o fato,em si, não só evidencia o descaso da atual gestão com o patrimônio alvinegro, como deixa o BNDES em situação constrangedora se o dinheiro for liberado tendo como garantia um imóvel em situação irregular.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: