Advertisements

Caráter ! É a marca de Tite no Corinthians

tite estatua

Hoje, em brilhante texto, publicado no Estadão. o jornalista Paulo Calçade definiu bem o legado e a história de Tite no Corinthians.

Em síntese, tudo se resume numa palavra: caráter !

Essa, sem dúvida, é a principal marca e lembrança deixada pelo treinador em sua passagem pelo clube.

Pode-se reclamar do que quiser durante seu período de comando, mas nunca de deslealdade ou submissão aos desmandos que, todos sabemos, existem nos bastidores do futebol.

Apesar disso – e dos tantos títulos conquistados – Tite agradava jogadores, torcedores, mas nunca o corpo diretivo do clube, acostumado com hábitos que o treinador – por caráter – abominava.

Não é a toa, como bem disse Calçade, que mais de 35 mil corinthianos, agradecidos, compareceram ao Pacaembu com o único objetivo de exaltá-lo, gratos pelos anos de conquistas, e honestidade, raros, no meio do futebol.

Acrescento apenas dois episódios, um deles que o jornalista não reparou, outro que, talvez, tenha esquecido, que ilustram ainda mais a grandeza do treinador em sua passagem pelo Timão.

Em todas as homenagens prestadas a Tite, seja nos bastidores ou até no gramado, esteve ausente a figura do presidente do clube, Mario Gobbi, não por acaso o responsável por trazer Mano Menezes, às suas costas.

Por fim, uma lembrança que jamais deve ser esquecida, e que, certamente, foi um dos fatores motivadores para que o treinador atingisse tanto sucesso em sua segunda passagem pelo clube.

Aquela noite, em 2005, ainda na primeira passagem, quando o “dono” do clube, à época, Kia Joorabchian invadiu os vestiários da equipe, ao lado de Andres Sanches, então vice de futebol, e ambos foram expulsos pelo treinador, preservando assim seu comando e honradez perante o grupo de atletas.

Caráter !

Desde sempre foi a marca de Tite, no Corinthians.

CONFIRA ABAIXO O TEXTO DE PAULO CALÇADE, CITADO EM NOSSA MATÉRIA

Caráter – o legado de Tite
Por PAULO CALÇADE 

O futebol é rude demais para valorizar o humano. Não fossem os números, as vitórias e os resultados, ninguém teria chorado na despedida de Tite. Não precisamos nos iludir com isso. O lado bom, entretanto, é que em três anos de convivência, o treinador ajudou a dar tudo o que o corintiano sofredor de 1977 não teria coragem de pedir. Hoje é possível dizer que, respeitadas as épocas e as diferenças, ele é o maior treinador da história do clube.

Quando for preciso fazer um balanço e apontar o legado de Adenor Leonardo Bachi em sua segunda passagem pelo Corinthians, será fundamental dizer que os 73% de aproveitamento dos pontos disputados foram ótimos, que as 66 vitórias jamais serão esquecidas e que as conquistas do Brasileiro, da Libertadores e do Mundial formam a sequência perfeita.

Mesmo assim é pouco, não explica o significado desses três anos, não oferece a dimensão correta do que foi esse período. O que levaria, então, 35.033 torcedores ao Pacaembu num sábado à noite? Certamente não foi para comemorar a classificação no meio da tabela nem para curtir mais um provável 0 a 0. Foi para ver Tite, ainda responsável pela equipe e pelo 17º. empate no Campeonato Brasileiro.

O estádio lotou para dar adeus, para dizer que os problemas e a apatia ofensiva não eram, naquela noite, tão importantes, e que um dia Tite vai voltar. O Pacaembu, que breve terá que se despedir dele mesmo, dele Pacaembu corintiano, quando o time se mudar para Itaquera, lotou desta vez para reconhecer o caráter desse homem.

No futuro, quando for preciso apontar o legado do treinador no Corinthians, será justo, antes de citar os títulos, lembrar do seu caráter, de sua dignidade e de como a vida fluiu sob o seu comando num clube acostumado à cultura do sofrimento. Não foi fácil, por que no futebol as coisas apenas parecem fáceis. Mas foi diferente.

Vai ser difícil esquecê-lo, principalmente quando alertava que a Libertadores deveria vir embrulhada por um clima de paz e de merecimento. Vencer a qualquer custo não lhe interessava, embora ironicamente tenha sido desclassificado em 2013 pelo apito de Carlos Amarilla. Já não havia no time a mesma sintonia, mas era possível ir mais longe.

O Paulista e a Recopa Sul-americana não foram suficientes para mantê-lo no cargo na temporada que se encerra. Três anos no comando da mesma equipe é uma eternidade no futebol, seja para Tite ou Guardiola. E assim começa uma nova história.

É provável que a geração da fila, dos 23 terríveis anos de expectativa veja Oswaldo Brandão à frente de Tite na galeria dos treinadores corintianos. O homem que libertou toda uma nação do sofrimento e da chacota merece um lugar especial no altar do corintianismo.

Só mesmo quem suportou a espera para saber o significado dos títulos paulista de 1977 e da Libertadores de 2012. Eles representam momentos únicos na vida e na alma da instituição. Mas não é possível compará-los. Embora toda vitória aparentemente possua a mesma raiz, delas brotaram Corinthians diferentes.

Nada as une, apesar da camisa alvinegra. O campeonato estadual, importante naquela época, não encerrou o sofrimento, apenas reforçou a percepção de que tudo tem que ser difícil, improvisado e contestado. Já a competição sul-americana introjetou na carcaça corintiana a informação de que pode ser diferente.

A partida contra o Internacional abraçou também outra despedida, a do lateral Alessandro, que chegou para jogar a Segunda Divisão e para ser o capitão do maior título da história corintiana. Fisicamente não dá mais, é o fim da linha.

A trajetória do jogador no clube também foi marcada pelo caráter. Líder discreto, Alessandro encerra a carreira dentro de campo, mas dificilmente ficará longe do Corinthians, que a partir do ano que vem voltará a ser dirigido por Mano Menezes, bastante responsável pela mudança de rumo a partir de 2008. É o fim e o começo.

Advertisements

Facebook Comments

21 Responses to “Caráter ! É a marca de Tite no Corinthians”

  1. anti_corru_PT_os Says:

    Quem acha q em menos de um ano as gaivotas estarão implorando pela volta do limitado Tite levanta a mão?

    #RumoAoBiRebaixamento

  2. Fielzão 2013 Says:

    Valeu, tite! Tecnico de carater, que nao negocia com clube com treinador ainda no cargo, diferentemente de um tecnico endeusado no SPFW, que supostamente livrou o clube cor de rosa do rebaixamento em 2013, mas com gols em impedimento e penaltis mal marcados até a dona Olga conseguiria, e assinava embaixo!

  3. Evandro Says:

    Se esse tite tivesse bom caráter, não teria comemorado as vitórias obtidas costumeiramente com pênaltis inexistentes ou através de distribuição farta de cartões para os adversários; como fazem os apitadores para beneficiar o curintia.

    O tite é um retranqueiro que deu muita, muita sorte nos últimos dois anos de carreira.

  4. Lampião - GAIVOTAS DA FIEL, é do CURINTIAAAAAAA Says:

    Fielzão 2013 Disse:

    dezembro 2, 2013 às 8:38 am

    Um texto sobre o Tite, sobre as qualidades do cara
    e a ameba vem falar do SPFC….
    Poderia ter gasto seu teclado para valorizar o técnico que tirou o Curica do ostracismo, time pequeno…..

    Tite é um técnico objetivo, sem muito futebol bonito, mas objetivo, ganhando de 1×0, o importante era ganhar

  5. Fred2 Says:

    O texto ia bem até chegar no Alessandro.
    esse mercenário deixou o Palmeiras em 2003 para jogar no Flalido e em seguida sumiu.
    Não acho o Tite um bom técnico, embora no aspecto caráter ele está acima da média.

  6. Gustavo Leite Says:

    Ganhou tudo com a ajuda da Globorinthians, fazer o que …

  7. Leandro Says:

    Obrigado Tite. E até breve!!!

  8. Fábio Says:

    Esse Fielzão tem sérios problemas de auto-afirmação, só pode!!! Texto sobre o excelente TITE, e o IMBECIL vem falar do SPFC? Tenho certeza que a mulher dele deu para um sãopaulino, só isso mesmo para responder a tanto ódio e alucinação!!!! Pobre coitado, isso que vc é, um COITADO!!!

    Quanto ao Tite, apesar de eu não ser corintiano, realmente um cara acima da média dos treinadores do Brasil, profissional sério, e realmente mostra não entrar em “esquemas” de empresários, como a maioria…

    Na minha opinião, o Corinthians está fazendo uma “cagada” gigante trocando-o pelo M.Menezes, esse sim péssimo técnico, protegido da mídia por ser da “turma” do Mal no Brasil….

    Vide o Flamengo, foi só ele sair, que o time ganhou a Copa do Brasil, com um recém formado técnico, que “igualou” os títulos do tão aclamado Mano Menezes….

    Bom, nós adversários é que agradecemos essa besteira que a diretoria do SCCP está fazendo!!!

  9. MOSQUETEIRO Says:

    Vai com Deus Tite…ja vai tarde!!!

  10. Dona Olga Says:

    Assino embaixo do que o Fielzão 2013 disse.

  11. Alex franco Says:

    Valeu Tite, muito obrigado por tudo !!!

  12. Fred - Corinthians Gaivotas Fiéis. A unica torcida Gay do Brasil. Ricky Martin cantará na abertura da Copa no Gaivotão...Assim as bixas piram!!! Says:

    Gaivotão 2013 é um lesado

    Tite é mto bom tecnico. Tirou leite de pedra. Aliás, tirou leite de gaivotas

    E, o cara ainda tem q falar do SPFC

    Se existe alguma coincidencia nos casos é q as Gaivotas estão cometendo o mesmo erro do SPFC ao trocar um tecnico campeão por um de segunda divisão

    No mais, é pura frutração e quem sabe, paixão enrustida por algum são paulino…Vai saber…em se tratando de bixas beijoqueiras….

  13. ITAQUERENSE Says:

    http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/12/01/walter-mostra-vontade-de-ir-para-o-corinthians-se-tiver-proposta-eu-vou.htm

  14. Jorge SP/Londrina Says:

    A turma do selinho enlouquece…..este Fielzao 2013 tem um recalque que e fora do comum. Aconselho um especialista.

  15. Marcos Says:

    Mosqueteiro, não se esqueça que a saída do Tite e a consequente volta do Mano estão sendo comemoradas pelos adversários. Vc ainda vai ver que era feliz e não sabia…

  16. Adalba Says:

    Outro detalhe, Paulinho e Calçade. O Brandão foi o último campeão antes dos 23 anos. Será que vem outra fila por aí???? pois, está claro o porque do Tite ser tirado do Timão…e os jogadores caírem de rendimento…..business, caixa 2, ou outras coisas nefastas
    ……..o …arlos ..eite”???” vai fazer a festa……depois de uma revolução o Tite volta…..espero estar errado…mas, tô sentindo cheiro de carniça daqui…..

  17. José Carlos Cataldo Says:

    kkkkkkkkk, o Corinthians estará bem servido com o Mano Menezes e em poucos meses sentirá a falta do TITE, pois este Mano é muito Ruim, comandou a Seleção brasileira foi aquela desgraça, foi para o Flamengo e os rubro-negros só tiveram noção de como ele era horrível depois que o Jayme assumiu. Corinthianos abram os olhos antes que seja tarde demais.

  18. osmar Says:

    Tecnico Vagabundo ganhou na maracutaia do Mano meneses a libertadores e comprara o chelsea para nao levarem gozaçoes mais .

  19. Caráter ! É a marca de Tite no Corinthians | Blog do Paulinho | Marcas e Patentes Says:

    […] Aqui para ler o restante: Caráter ! É a marca de Tite no Corinthians | Blog do Paulinho […]

  20. EDUARDO - RJ Says:

    Primeira postagem : corinthians, segunda postagem : coritnhians, terceira postaqgem corinthians. deu pra entender o interesse da tv globo no clube ?
    Como o assunto virou para palmeiras nem fiquei interessado em saber se tem alguma coisa do spfc, enfim cada um tem seu valor de mercado e importância.

  21. André Fischer Says:

    Pq será que as moças do jd. Leonor andam tão revoltadinhas?? Será pq cairam da ponte?

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: