Advertisements
Anúncios

Revista Exame diz que negociar com Walter Torre Junior “é emoção garantida”

wtorre

“Com dívida de R$ 1,5 bilhão, dos quais R$ 376 milhões vencem nos próximos 12 meses, a WTORRE tem apenas R$ 20 milhões em caixa.”

A frase “É emoção garantida” da nome à matéria da revista Exame que traça um perfil preocupante, mas absolutamente conhecido do leitor deste espaço, sobre a maneira de agir de Walter Torre Junior, dono da WTorre, em grande parte de seus negócios.

“Obras grandiosas, dividas idem, receitas incertas. Este é o estilo de fazer negócios do construtor Walter Torre”, diz ainda a linha fina após o título.

Para que o torcedor, sócio e conselheiro do Palmeiras tenha ainda mais noção da areia movediça a que o clube foi colocado por seus gestores anteriores, selecionamos os trechos que consideramos mais relevantes da matéria.

Leia, com apreensão:

“A WTorre não tem o capital aberto e usa grande volume de financiamentos bancários para colocar seus projetos de pé.”.

“Por outro lado, só gera caixa quando os prédios são vendidos.”

“O problema desse modelo é que depende de uma série de fatores para dar certo, muitos deles fora do controle de Torre.”

“Quando algo da errado, Torre é obrigado a procurar soluções às pressas.”

“Em 2008, após a primeira tentativa frustrada de abertura de capital, Santander e Votorantim converteram dívidas de R$ 870 milhões em ações da WTorre.”

“Três anos depois, após outro IPO frustrado, Torre vendeu a One Properties. empresa de administração de imóveis ao Banco Pactual. Na época a WTORRE devia R$ 1,2 Bilhões. Hoje, as “emoções” estão de volta.”

“Com dívida de R$ 1,5 bilhão, dos quais R$ 376 milhões vencem nos próximos 12 meses, a WTORRE tem apenas R$ 20 milhões em caixa.”

“Para reverter o quadro, Torre colocou a venda 50% do Shopping JK.”

“Torre nega que a venda esteja sendo organizada sob pressão dos credores.”

“Em 2010, Torre começou a erguer a Arena com um custo estipulado em R$ 350 milhões.

“Os custos, inteiramente bancados por Torre, jpa chagam a R% 600 milhões, e a relação com o clube vai de mal a pior.”

“Torre diz: “Esse contrato já foi discutido pela diretoria do clube e aprovado. Não vou ceder. Já cedi demais.””

“Caso seja obrigado a adiar muito a inauguração, Torre chegaria ao pior dos mundos – teria os custos financeiros do crédito, mas não as receitas.”

“Enquanto a briga corre, Torre conduz de maneira discreta uma reestruturação dos negócios, acompanhada de perto pelos credores – que vinham pedindo uma gestão mais profissional e menos diversificação.”

“A profissionalização anda devagar.”

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: