Advertisements
Anúncios

A TEISA e os conselheiros do Santos

circo laor

Criada com o intuito de investir, apenas e tão somente, em contratação de jogadores para o Santos – com o discurso quase benemérito – a TEISA demonstrou que a prática é bem diferente da conversa inicial.

Hoje, não apenas detém direitos sobre atletas importantes do clube, como também coloca dinheiro para reforçar adversários.

Estranha-se, porém, o silêncio de conselheiros do clube, teoricamente enganados pelo acordo.

Não mais, porém, depois do que descobrimos, semana passada.

As cotas da TEISA custam, em média, R$ 300 mil.

Viáveis, aparentemente, apenas aos que possuem ótima condição financeira.

Mas, na surdina, grupos de conselheiros se juntaram e investiram, de maneira fracionada, tornando-se cotistas da TEISA, e, por consequencia, donos de atletas do Santos.

E também dos adversários.

Uns com R$ 5 mil, outros com R$ 15 mil, e por ai, vai, até que se formasse o montante necessário, os R$ 300 mil.

Uma relação de promiscuidade e que impede, agora, que medidas favoráveis ao clube possam ser tomadas, sem que os próprios conselheiros saiam chamuscados do episódio.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: