Advertisements
Anúncios

Sobre a ombudsman da Folha e Reinaldo Azevedo

reinaldo azevedo

Falou-se bastante, no dia de ontem, sobre a reação da jornalista Suzana Singer à contratação do colunista da Veja, Reinaldo Azevedo, pela FOLHA.

Singer é ombudsman da publicação.

Azevedo foi tratado como “rottweiler feroz”, no mesmo texto em que a jornalista se dizia preocupada com o “nível da conversa” nas próximas colunas do jornal.

Errou feio.

Talvez motivada por um ódio pré-existente – que não deveria pautá-la em seu importante ofício – das colocações sempre agudas realizadas pelo jornalista em seu blog, por sinal, de grande audiência na internet.

Por mais que se odeie os escritos de Reinaldo Azevedo – muitos odeiam, ou se adore – muitos são os seguidores, não há como minimizar a importância de seu trabalho.

Seus textos são absolutamente relevantes, causam impacto e devem servir de reflexão, mesmo que não se encaixem no que o leitor entenda como linha correta de análise.

Este jornalista, por exemplo, concorda e discorda de Azevedo diversas vezes no mesmo dia, mas entende que, certo ou errado, tem absoluto direito de expressar suas opiniões.

A FOLHA, pelo visto, tem o mesmo entendimento.

Estranha-me, porém, a não indignação da OMBUDSMAN da Folha com o que consideramos muito mais grave do que escrever de maneira forte e ousada, que são as colunas escritas por quem nunca sai do “meio-campo”, os textos insonsos, sem coragem, muitas vezes, suspeitos.

Além do claro preconceito demonstrado com os colunistas de internet – entre os quais nos incluímos – relacionados negativamente por Suzana Singer para desqualificar o trabalho de Reinaldo Azevedo e sua aquisição pela FOLHA.

Tivesse um pouco mais de dedicação ao ofício, a OMBUDSMAN perceberia que boa parte da pauta jornalística de seu veículo de comunicação é oriunda de furos de reportagens e comentários de blogs e colunas pelos quais demonstrou desprezo em suas explanações.

Muitas vez, aliás, na maioria delas, apresentadas como “exclusivas” pelo jornal, sem a menor menção da fonte das quais foram originalmente “chupadas” pelos jornalistas da glamourosa imprensa escrita.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: